Campo Grande/MS, Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017 | 14:30
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Quinta-Feira, 02 de Março de 2017, 07h:46
Tamanho do texto A - A+

Fibria estima mais 40 mil empregos gerados no período de construção da Linha Horizonte 2

Ao fim do projeto, três mil vagas devem ser ocupadas por trabalhadores em definitivo

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação/Fibria

Fibria estima mais 40 mil empregos gerados no período de construção da Linha Horizonte 2

Nova linha tem previsão de início de operação no último trimestre deste ano

 

Três Lagoas vem se destacando, mesmo em tempos de crise, por ser um dos grandes centros de geração de emprego do país e a expectativa é que o número de vagas ofertadas aumente neste e nos próximos anos, principalmente com a expansão das indústrias de celulose do município. Apenas na construção da segunda linha da Fibria, a Horizonte 2, a empresa estima que mais 40 mil vagas devem ser abertas direta e indiretamente.

Iniciada há dois anos, a obra já empregou 8,5 mil trabalhadores, sendo 3.995 moradores de Três Lagoas e 4.505 vindos de outras cidades, no entanto, a expectativa é que o número aumente quase quatro vezes mais, considerando toda a cadeia de fornecedores, fabricantes de equipamentos edo comércio local.

A demanda não será apenas temporária. Com o fim da obra e o início da operação, previsto para o último trimestre deste ano, a empresa prevê mais três mil vagas em definitivo, apenas para trabalhar no novo projeto, estendendo o número de trabalhadores na unidade de Três Lagoas para aproximadamente seis mil.

Ao fim da obra, a unidade de celulose de Três Lagoas se tornará um dos maiores produtores de celulose do mundo, com capacidade prevista para mais de sete milhões de toneladas ao ano, divididos entre as duas linhas de operação na cidade.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix