Campo Grande/MS, Sábado, 26 de Maio de 2018 | 10:05
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Segunda-Feira, 30 de Abril de 2018, 17h:57
Tamanho do texto A - A+

Mato Grosso do Sul tem segunda menor taxa de desocupação do Brasil

Taxa de desocupação nacional ficou em 11,8%, acima dos 7,3% registrados em MS

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

Mato Grosso do Sul teve a segunda menor taxa de desocupação do Brasil em 2017. É o que aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC). Além disso, em dois anos, foram abertos 18 mil novos postos de trabalho.

 

No quarto trimestre de 2017, a taxa de desocupação no Estado reduziu para 7,3%. MS ficou atrás apenas de Santa Catarina, com 6,3%. A taxa de desocupação nacional ficou em 11,8% no último trimestre do ano passado.

Semagro

Mato Grosso do Sul tem segunda menor taxa de desocupação do Brasil

Empregos

De acordo com o Governo de Mato Grosso do Sul, entre 2015 e 2017, 126 novas empresas se instalaram no Estado. Os investimentos passam de R$ 41 bilhões, além da criação dos 18 mil empregos.

 

Segundo técnicos da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), a geração de empregos foi favorecida pela política de incentivos fiscais e programas de estímulo às cadeias produtivas.

 

Divulgação/Assessoria

Mato Grosso do Sul registra desenvolvimento econômico e social mesmo em meio à crise

"O emprego é condição primordial para as empresas concorrerem aos benefícios fiscais", afirma Azambuja

Para o governador Reinaldo Azambuja, “o progresso social tem que avançar na esteira do desenvolvimento econômico. O emprego é condição primordial para as empresas concorrerem aos benefícios fiscais. O papel do Estado e promover o desenvolvimento e assegurar melhores condições de vida para a população. Melhorar as condições de vida é investir na saúde, educação, segurança, habitação, criar condições para que a economia cresça e gere empregos”.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix