Campo Grande/MS, Domingo, 28 de Maio de 2017 | 16:10
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Segunda-Feira, 08 de Maio de 2017, 19h:15
Tamanho do texto A - A+

Presidente da Fiems comenta sobre as reformas que estão sendo discutidas no congresso

No mês da Indústria o Sistema Fiems programou várias ações

Cristiano Arruda
Capital News

Cristiano Arruda/Capital NewsPresidente da Fiems comenta sobre as reformas que estão sendo discutidas no congresso

..

A Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems) apresentou o balanço da indústria, na tarde desta segunda feira (8). O presidente da Fiems, Sérgio Longen se mostrou bastante otimista perante os resultados e disse que 2017 deve fechar o setor industrial com mais de 130 mil empregos. Além disso, Longen comentou sobre as reformas trabalhistas, da Previdência, tributária, política e terceirização propostas pelo Governo Federal a ser realizado no dia 15 de maio com as presenças de empresários. “Todas as reformas precisam ser discutidas é importante para a sociedade”.

Quanto à reforma trabalhista, o presidente disse que se ela for aprovada do jeito que está pode movimentar ainda mais o setor de empregos, “os trabalhadores poderão negociar as formas de trabalho com as empresas” afirma.  Já quanto à reforma da previdência a Fiems irá se reunir para decidir se é a favor ou contra, da forma na qual ela está sendo discutida.  Ainda frisa que, reconhece a necessidade as reformas e, sobretudo, é favorável ao amplo debate por isso, assumem a responsabilidade de participar dessa discussão.

Foi apresentado na coletiva o PIB industrial, que é um dos números mais surpreendentes. Era de R$ 4 bilhões há 10 anos, chegou a R$ 15,2 bilhões quando a crise econômica começou a se desenhar em 2014 e deve fechar o ano em R$ 20,2 bilhões. As exportações do setor também cresceram substancialmente: chegavam a US$ 827 milhões em 2007 e podem alcançar a marca de US$ 2,7 bilhões em 2017.


Além disso, a Federação das Indústrias das indústrias do estado divulgou a programação do “Mês da Indústria”. Palestras serão realizadas como uma forma de apoiar do setor industrial, cursos de capacitação, além do lançamento da Campanha Ação Cidadania, e a entrega de novas bibliotecas. A Fiems reforça que até o fim do ano serão entregues 50 novas bibliotecas “um avanço para o setor de educação”, conclui Longen.


Ao longo de 2017, o Senai disponibilizará 280 cursos nas modalidades de educação profissional técnica de nível médio, qualificação profissional, aperfeiçoamento profissional, especialização profissional, superior e iniciação profissional distribuídos pelos 79 municípios do Estado.

Esse número representa 68.789 vagas abertas, sendo 58.951 pagas, 9.611 gratuitas com recursos próprios e 227 gratuitas do Pronatec. Já o Sesi oferece 71.760 vagas em 73 cursos nas modalidades de educação, saúde, saúde e segurança do trabalho, responsabilidade social e estilo de vida distribuídos por 79 municípios. No caso do IEL são 10,5 mil vagas de estágio, emprego, cursos on-line e presenciais, nas mais diversas modalidades, distribuídos por 35 cidades.

Mais informações sobre o Mês da Indústria estão no site da FIEMS.

Balanço mês
 Indústria: 8.215
 Empregos: 129.500
 PIB Industrial: 20,2 bilhões de reais
 Exportações: 2.750 milhões de dólares.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix