Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 27 de Abril de 2017 | 06:55
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Sexta-Feira, 10 de Março de 2017, 14h:14
Tamanho do texto A - A+

Setor comercial espera que 40% das dívidas sejam pagas com FGTS

Em Mato Grosso do Sul serão sacados aproximadamente R$ 564 milhões

Myllena de Luca
Capital News

Divulgação

João Carlos Polidoro - Artigo

João Carlos Polidoro afirma que dinheiro não era esperado

A Associação Comercial e Industrial de Campo Grande tem expectativas para o período de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que começou nesta sexta-feira (10). Em Mato Grosso do Sul serão sacados aproximadamente R$ 564 milhões.

A expectativa é que 40% do valor seja gasto para pagamento de contas, o que sobrar para investimento e compras. O presidente da associação, João Carlos Polidoro, afirmou que são esperados R$ 41 milhões por mês até julho. “Será recuperado um dinheiro que não estava esperando na economia. Além das contas que serão pagas, o comércio espera um valor em compras também”.
 
Em entrevista ao Capital News, o superintendente regional da Caixa Econômica em Mato Grosso do Sul, Evandro Narciso de Lima, afirmou que as pessoas podem sacar até o dia 31 de julho deste ano. "Teremos horários especiais de atendimentos em Campo Grande e no interior. Somente neste primeiro calendário serão 85 mil trabalhadores com contas inativas".

Nesta sexta-feira (10), a Caixa Econômica abriu 2h antes do normal. No sábado (11), os bancos abrirão das 9h às 15h. Na segunda-feira (13) e na terça-feira (14) também será aberto 2h antes, começando o atendimento às 9h. Da quarta-feira (15) em diante os horários voltam ao normal.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix