Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Educação
Terça-Feira, 23 de Outubro de 2018, 10h:39
Tamanho do texto A - A+

Prefeitura vai investir R$ 1 milhão em reforma de escolas na capital

No planejamento, 4 escolas serão reformadas e mais 28 receberão reparos pontuais

Leonardo Barbosa
Capital News

PMCG/Divulgação

Prefeitura vai investir R$ 1 milhão em reforma de escolas na capital

Escolas devem receber recurso para reformas e reparos

Já está em processo de licitação mais de R$ 1 milhão em obras de reforma das escolas municipais Danda Nunes, Antonio José Paniago e Arlindo Lima. Está no planejamento da Prefeitura de Campo Grande, melhorias em outras 28 unidades, que precisam desde pequenos reparos nos muro, como a demanda levantada na Escola Arlene Marques, até a reconstrução de três salas de aula, destruídas num incêndio, serviço programado para a Escola José Paniago.

 

A partir da demanda levantada pela Secretaria de Educação, engenheiros e arquitetos da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), estão trabalhando na elaboração dos projetos  de cada unidade e no cálculo do orçamento.

 

Inicialmente, o maior investimento, R$ 712.610,88, será feito na Escola Muncipal Danda Nunes, que tem 900 alunos. Segundo a diretora Rosângela Chelotti, está prevista melhorias nas instalações elétrica, hidráulicas, substituição do forro da cobertura do pátio, limpeza e substituição de calhas; colocação de piso tátil; adequação do prédio para as regras de acessibilidade e projeto de segurança e prevenção de incêndios cobrado pelo Corpo de Bombeiros.  Está prevista ainda a retirada e aplicação de um novo piso na quadra coberta e mudança da cobertura; construção de bancos de alvenaria no pátio e de um balcão de atendimento. As empresas  participantes terão até o dia 12 de novembro para entregar as propostas.

 

A Escola Antonio José Paniago, no Jardim Itamaracá,  com 1.200 alunos, receberá a primeira reforma, praticamente, desde sua fundação, em 1986. Ao longo destes 32 anos de funcionamento, só recebeu de melhoramento, a pintura do prédio em 2005, segundo a diretora Maria Lúcia Fátima de Souza.

 

Além de revisão geral das instalações elétricas e hidráulicas, com investimento de R$ 219.294,46, serão reconstruídas três salas de aula destruídas num incêndio ano passado. Na terceira  escola que já teve a reforma licitada, a Arlindo Lima, o investimento será de R$ 163.153,13.

 

No grupo de escolas que já tem projeto de reforma em andamento estão a Tertuliano Meirelles;  Bernardo Franco Bais; Frederico Soares; Hércules Maymone; Imaculada Conceição; Ione Catarina Igydio; Irene Szukala; João Nepomuceno; Luiz Cavalon; Maria Couto Fortes; Plinio Barbosa Martins; Virgílio Alves de Campos e  Consulesa Margarida Maksoud.

 

 

Também estão nesta relação, as escolas, José Rodrigues Benfica; Valdete Rosa da Silva; Leogildo de Pina; José Dorileo de Pina; Maria Lúcia  Passarelli; Escola Agrícola Governador Arnaldo Estevão; Elizio Ramirez Vieira; Major Aviador Y Juca Pirama; Nagem Jorge Saad; 8 de Dezembro (extensão Onira Santos Rosa); Arlene Marques Almeida; Flora Guimarães Rosa Pires; Iracema de Souza Mendonça; Lenita Sena Nachif e Sulivan Silveira.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix