Campo Grande/MS, Domingo, 10 de Dezembro de 2017 | 21:17
27˚
(67) 3042-4141
ENTREVISTA
Quarta-Feira, 30 de Março de 2016, 08h:17
Tamanho do texto A - A+

Após celebração da Páscoa, bispo Josep Ferrer faz balanço das atividades na Igreja Anglicana

Em entrevista ao Capital News, o bispo da Igreja Anglicana Reformada no Brasil, em Campo Grande, destacou o real significado da data

Liniker Ribeiro
Especial para o Capital News

Deurico/Capital News

Bispo Josep Ferrer fala da importância da Páscoa para os cristãos

Bispo Miquel Ferrer em entrevista ao Capital News

Comemorada no mundo todo pelos cristãos, a Páscoa é um período de celebração e de reflexão. Segundo a doutrina cristã, é o momento de meditar no exemplo de Cristo Jesus e de destacar o real valor das ações do Maior Homem que já viveu na terra. De reconhecer Seu exemplo, refletir no significado de sua morte em prol da humanidade e de celebrar sua ressurreição.

Para entender melhor o significado da data para os fiéis cristãos, o Capital News conversou com o Bispo da Igreja Anglicana Reformada do Brasil, em Campo Grande, Josep Miquel Rosselo Ferrer, dias depois do fim da celebração de Páscoa. que destacou a importância da data e os motivos pelos quais os cristão comemoram a Páscoa.

Capital News - Qual o significado da Páscoa para o Cristianismo?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer -  A Páscoa é uma das atividades centrais do Cristianismo, ainda que para as pessoas seja o Natal. portante. É um evento muito importante, a começar no domingo de ramos, domingo antes da Páscoa, e depois, ainda que há eventos para todos os dias, geralmente as pessoas celebram a partir da quinta, que é quando Jesus constituiu a eucaristia, a Santa Comunhão. Depois, a Sexta-Feira Santa é o momento que nós relembramos a morte Dele na cruz, e o sábado é um tempo para nós refletirmos sobre o que significa Cristo ter Morrido por nós. É para os cristãos, um dia de festividades e alegrias, de estar feliz porque Cristo ressuscitou. Então, eu acho que é uma data fundamental para a fé cristã, porque em poucos dias, você tem os eventos mais importantes da fé cristã.

Capital News - O Domingo de Ramos abriu as atividades da Semana Santa, chegamos a acompanhar algumas atividades na cidade. Qual seria a explicação para que o domingo abra as comemorações?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer  - O Domingo de Ramos celebra vários aspectos. Mas o maior é o aspecto que exerce o profeta, qando o Rei Messias realmente entra em Jerusalém e todos aplaudem ao vê-lo chegar montado em um jumento. O fato Dele entrar com um jumento, muitas vezes as pessoas pensam apenas que Ele era humilde. Mas o fato de entrar na cidade com um jumento, mostra também, que Ele era um profeta. Então, nós vemos dois aspectos fundamentais de Jesus em Jerusalém que é era o Rei de Israel e o profeta. E Ele quando entrou em Jerusalém poderia ter ido ao palácio ou ao templo, um ficava de um lado e o outro, do outro lado, e ele vai ao templo. Ele mostra que é o sumo sacerdote esperado. Então, são os três ministérios de Jesus. O rei, o profeta e sacerdote se cumprem Nele. Esse é um ato muito interessante porque quando analisamos os textos bíblicos no contexto do judaísmo, vemos como o ato de entrar em Jerusalém é uma grande promessa para o povo de Israel. Eles estavam esperando por séculos a vinda dele e nesse instante ele entra e fala não só para Israel, mas para todos os povos, assim como comemoramos a Semana Santa aqui no Brasil e em outros países.

Capital News- Como o senhor pode classificar esse período de celebração?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer  - Aqui no Brasil, as comemorações acontecem mais nos templos, nas paróquias, e há um envolvimento muito grande por parte das famílias, porque as crianças podem participar, são coisas que as crianças gostam, elas adoram. Para os pais, é um momento de acompanhar e contar a história de porque celebramos a Semana Santa. Eu acho que as grandes celebrações como o Natal, a Quarta-feira de Cinzas, são datas em que realmente as comunidades se reúnem, é como aniversário para nós.

Capital News - Essa questão da família, como relacionar o envolvimento das famílias com as grandes celebrações?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer - É fundamental para a fé cristã, que os pais sejam os primeiros educadores dos filhos. Cabê a eles ensinar a fé cristã. A Páscoa realmente permite na semana, ensinar princípios e valores. É excelente você guardar ovos de páscoa, essas coisas. Mas as vezes, dar ovos de páscoa ou falar do coelhinho, pode nos fazer esquecer de ensinar nossos filhos os ensinamentos da fé. Se os pais entendem da importância, esse é um momento em que os pais podem sentar com seus filhos em casa, podem ter um tempo de contar a história, podem ter um tempo de explicar para os filho o significado que tem para os pais as datas importantes. É um tempo de ir preparando as crianças tanto para a Santa Comunhão. É um tempo realmente em que as famílias compartilham a fé juntos. E as crianças hoje me dia... eu tenho uma filha de 3 anos, e você vê que ela está muito acordada. Você começa a explicar as coisas e ela começa a entender, não tudo, mas ela começa a compreender. Se eu explico muitas coisas sobre a vida, eu devo explicar também sobre a minha fé. Se ela não ver que a minha fé tem uma relevância, ela não vai entender. É também um tempo que podem trazer os familiares, primos, tios, juntos para comer. Eu diria que são datas muito significativas pra família, porque como família, você pode ir à igreja e depois retornar a sua casa e comer uma comida com a sua família, do jeito que gostamos e compartilhar essa fé juntos. Por isso o domingo de páscoa é uma data muito importante.

Capital News - Quais são atividades durante a Semana Santa?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer -  As atividades da igreja durante a Sema Santa, começam com o Domingo de Ramos, depois tem a Quinta-Feira Santa quando acontece o "Lava Pés"  e a celebração da Santa Ceia. A Sexta-Feira Santa tem um culto de reflexão, no qual relembramos a morte de Jesus Cristo. Algumas igrejas fazem um teatro, outras mostram um filme, isso depende muito de cada paróquia. A ideia é refletir o que significa a morte de Jesus pra nós. No sábado, as vezes você vai encontrar grupos de vigília e no domingo acontece um culto de celebração.

Deurico/Capital News

Bispo Josep Ferrer fala da importância da Páscoa para os cristãos

A cruz representa salvação para os cristãos

Capital News - Como os cristãos enxergam essa celebração?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer - Inicialmente, a ideia é lembrar que nós fomos salvos porque Cristo morreu na cruz por nós. De lembrar também que somente chegamos a Deus através de Jesus Cristo, é o nosso intermediador. De lembrar que somente pela graça e misericórdia de Deus, que enviou seu filho unigênito, que a salvação do mundo é possível. Então, a ideia é que o cristão possa realmente entender aquilo que levou ele a ser cristão. É um tempo de refletir, que alguém inocente, puro como Cristo, morreu na cruz por nós, para que, como pecadores, nos reconciliássemos com Deus. Precisamos nos arrepender em Cristo. Em algumas igrejas, a sexta-feira Santa é uma oportunidade de convidar pessoas que no passado foram cristãs e apresentá-los novamente ao cristianismo, é isso que significa a cruz pra nós. A cruz é símbolo realmente de nossa salvação, nós chegamos a Deus somente pela cruz. Esse símbolo nos lembra o amor de Deus por nós. Porque nós, por nós mesmos, podemos tentar sermos boas pessoas. É como aquela amizade de infância. Você pode ser amigo de alguém por muitos anos, mas, quantas vezes vocês brigaram? E a amizade continua porque esse amigo realmente ama você. Então nós temos que entender que o amor de Deus, ainda com todas as nossas imperfeições e pecados, é demonstrado por ele ter morrido na cruz por nós. Pra nós, a fé é totalmente renovada, revitalizada nesse período da Semana Santa.

Deurico/Capital News

Bispo Josep Ferrer fala da importância da Páscoa para os cristãos

"A Páscoa é uma das atividades centrais do cristianismo", destaca Ferrer.

Capital News - E após a páscoa, é tempo de fazer o que?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer - Seguir o exemplo de Cristo de Jesus, e como o calendário cristão segue a narrativa da nossa história, nós precisamos entender e seguir essa narrativa. Nós somos cristãos porque alguém antes de nós foi cristão. No livro de Judas, ele fala que nos foi confiada a doutrina crista, foi dada aos cristão antes de nós e nós vamos passar a outros cristãos. Então é importante construir essa fé, essa doutrina, esse evangelho de uma geração para outra. Geralmente as festividades dominicais, tem por objetivo que nós adoremos a Deus, escutemos a palavra da palavra de Deus e destacamos o valor de servir e amar ao senhor. Então o culto é o nosso ponto mais forte da fé cristã, é muito importante renovarmos nossa fé por meio da igreja. Temos que nos lembrar que somos enviados e passamos boa parte do tempo no mundo para ser a voz de Jesus. Esse é o propósito que Deus fez para nós.

Capital News - E o balanço que o senhor pode fazer das atividades aqui em Campo Grande. Como foi a participação dos fiéis?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer - Estamos começando agora os trabalhos em Campo Grande. Nós somos anglicanos, então o anglicanismo não tem uma presença muito forte ainda em Campo Grande. Então, o que eu achei foi muito positivo, muito bom, tanto o compromisso dos membros da igreja, como os planos para expansão dos trabalhos aqui com colaboração das igrejas, com os bispos anglicanos que nós temos amizade no Paraguai e na Bolívia. Porque aqui é relativamente fácil de você chegar ao Paraguai, não? Então, existe a possibilidade de o Brasil colaborar com os anglicanos do Paraguai no futuro, se Deus permitir. O próprio crescimento que teve a população no Mato Grosso do Sul faz com que a presença de anglicanos em Mato Grosso do Sul esteja crescendo. É um trabalho para ser desenvolvido.

Capital News - Depois de Campo Grande, tem previsão de expandir o ministério para outras cidades do estado?

Bispo Josep Miquel Rosselo Ferrer - Sim, estamos vendo Dourados e temos também alguns contatos em Ponta Porã. São os 3 pontos do estado. Nós buscamos encontrar famílias que queiram seguir a fé cristã por meio do anglicanismo e a partir disso começamos um trabalho, muitas vezes em casa mesmo e pouco a pouco vamos crescendo.

 

Vídeo

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix