Campo Grande/MS, Domingo, 21 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 15h:26
Tamanho do texto A - A+

Argentina busca reabilitação na Copa América contra o Paraguai em BH

Em São Paulo, Colômbia pode conquistar vaga antecipada se vencer o Catar

Rogério Vidmantas
Capital News

Luis Acosta/AFP

Argentina Messi

Messi está confirmado para enfrentar o Paraguai em Belo Horizonte

Duas partidas marcam a segunda rodada do Grupo B da Copa América nesta quarta-feira (19). Destaque da primeira rodada ao bater a até então favorita Argentina, a Colômbia enfrenta o Catar em São Paulo. Já os Portenhos, em Belo Horizonte, buscam recuperação diante do Paraguai.  

 

Morumbi

 

Colômbia e Catar jogam às 17h30 (MS) no Estádio do Morumbi e uma vitória classifica antecipadamente a seleção de James Rodriguez. Apesar do embalo com a vitória por 2 a 0 sobre a Argentina, o treinador Carlos Queiroz citou o amistoso em que o Brasil venceu a seleção do Catar por 2 a 0. Queiroz disse que depois de fazer dois gols, a seleção brasileira desacelerou e chegou a sofrer um pênalti, que poderia ter sido convertido pelo Catar. “Isso é uma lição para nós, obrigando a termos atenção para toda partida de campeonato. Teremos pela frente uma equipe que joga bem e é muito perigosa”, avaliou.

 

A campeã recente da Copa da Ásia, a Seleção Nacional do Catar, que participa da Copa América como convidada, empatou na primeira partida com o Paraguai em 2 a 2. O zagueiro Bassam Al Rawi quer que seus companheiros de seleção do Catar se esqueçam do empate por 2 a 2 contra o Paraguai, na primeira rodada da Copa América, e façam mais uma bela partida contra a Colômbia. “Foi um bom resultado contra o Paraguai, mas é preciso esquecer essa partida. Perdemos muitas chances de marcar. Agora precisamos realizar mais um bom trabalho contra a Colômbia”, disse.

 

Mineirão

 

A Argentina perdeu a primeira partida por 2 a 0 para a Colômbia e tem de vencer o Paraguai para se recuperar. No treino em Belo Horizonte, o técnico Lionel Scaloni fez mistério e não revelou se haverá modificações na escalação para a segunda partida, devido às críticas que a equipe vem sofrendo após a primeira derrota contra a Colômbia.

 

No Paraguai, a dúvida é o volante Roberto Rojas. No jogo de estreia no último domingo, no estádio do Maracanã, o jogador lesionou o cotovelo esquerdo na tentativa, sem sucesso, de evitar o segundo gol do Catar no empate por 2 a 2 entre os países. Ele não treinou na segunda-feira (17), mas ontem esteve em campo sem qualquer restrição médica. O treinador Eduardo Berizzo definirá se Rojas começará jogando. Quem está de volta ao time é o zagueiro Gustavo Gómez, do Palmeiras, que é o capitão do Paraguai.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix