Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2018 | 15:36
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Sexta-Feira, 05 de Janeiro de 2018, 13h:33
Tamanho do texto A - A+

Brasil segue como líder de espectadores únicos de TV na F1

Motorsport
L. H.

A F1 relatou um aumento em sua audiência e um crescimento significativo nas redes sociais em 2017 em comparação aos anos anteriores, sendo que o Brasil se manteve como o país com maiores espectadores únicos na televisão.

 

A F1 divulgou que a audiência cumulativa, que é o agregado da audiência média de todos os 20 maiores mercados foi de 1,4 bilhão, representando um aumento de 6,2% em relação a 2016.

 

Ela acrescentou que os quatro maiores mercados foram Alemanha, Brasil, Itália e Reino Unido, com todos registrando um crescimento. A Itália teve aumento de 19,1%, seguido de Brasil (13,4%), Reino Unido (3,9%) e Alemanha (0,9%).

 

Em termos de espectadores únicos, 352 milhões de pessoas assistiram à F1 por pelo menos uma vez, com os chefes revelando que foi a primeira vez desde 2010 que o número não caiu. O Brasil registrou o maior número, com 76 milhões, mesmo que tenha registrado uma pequena queda neste quesito (de 1,8%) em relação a 2016.

 

Também houve grande impulso nas interações de redes sociais, com a F1 registrando 11,9 milhões de seguidores no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube. Isso representa um aumento de 54,9% em relação a 2016.

 

“Estamos encorajados pelo crescimento no número de audiência em nossas plataformas lineares e digitais durante a temporada de 2017”, disse o diretor comercial da F1, Sean Bratches.

 

“Nosso foco central na última temporada foi melhorar a experiência dos fãs em todas nossas plataformas, e é encorajador ver o engajamento dos fãs ao redor do mundo com a mídia da F1.”

 

 “Nosso trabalho continua, já que os fãs da F1 verão mudanças em 2018 quanto às experiências que já existem, além da criação de outras. É uma boa época para ser fã da F1.”

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix