Campo Grande/MS, Sábado, 15 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018, 12h:56
Tamanho do texto A - A+

Funed espera ter Douradão liberado em dezembro

Estádio vai receber jogos do Operário AC e Sete no Campeonato Estadual

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação/Assecom

Douradão

Gramado do Douradão passou por reforma e tem novo sistema de irrigação

Na próxima segunda-feira (19), a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) reúne os clubes para discutir o próximo Campeonato Estadual e o principal entrave, mais uma vez, deve ser a liberação dos estádios. Por enquanto, apenas o Laertão, em Costa Rica está com a documentação pronta para 2019. A boa notícia para Operário AC e Sete de Dourados é que o Estádio Douradão deve ter a situação regularizada em dezembro. Pelo menos essa é a expectativa da Fundação de Esportes de Dourados (Funed), que administra o local.

 

O Douradão tem passado por algumas melhorias para a próxima temporada, como a implantação de sistema de irrigação automático, o que deve melhorar a qualidade do gramado, que também passa por manutenção. O que preocupa é a estrutura para os torcedores. Adequações foram determinadas pelo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Vigilância Sanitária para que os laudos sejam emitidos e os trabalhos estão em andamento. 

 

De acordo com Jânio Amaro, diretor-presidente da Funed, as vistorias devem ser solicitadas nas próximas semanas. “O projeto de prevenção de segurança e incêndio está sob responsabilidade da equipe de engenharia da prefeitura e deve ser protocolado no Corpo de Bombeiros nos próximos dias para solicitar a vistoria”. Inicialmente, o estádio deverá seguir com 7.900 lugares liberados para os torcedores. “Capacidade total apenas após a aprovação do projeto e execução da obra”, resume.

 

Em relação aos clubes, Jânio disse que aguarda a solicitação oficial para que possam mandar seus jogos no Douradão. “Me ligaram ontem [quarta-feira], mas estão no prazo. Sabemos que os jogos acontecerão aqui”, disse. Em relação ao OAC, nenhuma objeção. Já o Sete terá que jogar os primeiros três jogos em outro local, já que precisa cumprir punição imposta pelo TJD-MS devido problemas no jogo semifinal do Estadual deste ano contra o Operário FC. 

 

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix