Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018 | 09:17
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 18h:58
Tamanho do texto A - A+

Homem é preso com droga que seria levada para Goiás

Homem é acusado de fazer parte de facção criminosa internacional

Leonardo Cabral
De Corumbá para o Capital News

Divulgação/SIG

Homem é preso com droga que seria levada para Goiás

Homem estava em sua casa apontada como ponto de venda de drogas na região

Wagner Marcos Ortiz de 36 anos, foi preso pelo SIG – Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil de Corumbá, no final da manhã desta sexta-feira (14). Ele é acusado de fazer parte de uma associação criminosa contendo brasileiros e bolivianos para a prática de tráfico de drogas na região.

Ainda conforme as investigações, a associação possuía ligação, inclusive, com indivíduos faccionados presos no estado de Goiás, os quais encomendariam os entorpecentes na Bolívia, utilizando-se de “mulas” para levar a droga até o destino determinado pela facção.

Divulgação/SIG

Homem é preso com droga que seria levada para Goiás

Droga foi adquirida por R$ 7,5 mil e seria levada para Goiais


Ação do SIG
O esquema foi descoberto após denúncia anônima pelo aplicativo whatsapp do SIG, por meio da população, onde informava, que na casa de Wagner, localizada na rua Assussena, bairro Guatós, parte alta de Corumbá, funcionava comércio de venda de drogas.

Depois de observar intensa movimentação no local, a equipe realizou a entrada tática no imóvel e conseguiu apreender um tablete de pasta base pesando aproximadamente 972g escondido sobre o guarda-roupas.

Indagado sobre o fato, Wagner admitiu ser dono da droga e acabou revelando que teria comprado de um homem de nacionalidade boliviana pelo valor de R$ 7.500,00.

Ele ainda informou que o entorpecente apreendido seria levado para Goiás por uma mulher desconhecida e lá comercializada por R$ 12.000,00, dinheiro este que seria destinado à facção criminosa.

Diante dos fatos, Wagner foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, encaminhado juntamente com o entorpecente, sem lesões corporais, para as providências cabíveis à Delegacia de Polícia Civil de Corumbá.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix