Campo Grande/MS, Terça-Feira, 23 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 07h:49
Tamanho do texto A - A+

Japão e Equador empatam e classificam o Paraguai

Uruguai vence Chile e avança na liderança do Grupo C

Rogério Vidmantas
Capital News

Reuters

Equador Japão

Empate entre Equador e Japão derrubou as duas Seleções na Copa América

Terminou a primeira fase da Copa América com um time vencedor sem entrar em campo. Nesta segunda-feira (24), pela última rodada do Grupo C, Japão e Equador empataram em 1 a 1 e morreram abraçados na competição, colocando o Paraguai na próxima fase e como adversário do Brasil nas quartas de final. Na briga pela liderança, o Uruguai, com gol de Cavani no segundo tempo, venceu o Chile por 1 a 0 e avançou na liderança, deixando o adversário na segunda posição.

 

Com os jogos foram definidos os confrontos de quartas de final. Na quinta-feira (27), Brasil e Paraguai se enfrentam em Porto Alegre. Na sexta (28), Venezuela e Argentina jogam no Maracanã e, em Itaquera, Colômbia e Chile se enfrentam. No sábado (29), o Uruguai joga contra o Peru.

 

Belo Horizonte

 

Equador e Japão entraram em campo no Mineirão buscando exclusivamente a vitória, já que as duas seleções garantiriam classificação se vencessem. O Japão começou melhor com ótimas tabelas entre Kubo, Miyoshi e Nakajima. Aos 16 minutos, o último abriu o placar ao aproveitar sobra da dividida entre Domínguez e Okazaki e tocar pelo alto para chegar ao gol, confirmado após consulta ao VAR. O mesmo Nakajima quase marcou um golaço por cobertura na sequência. Com um time de maior estatura, os sul-americanos chegaram ao empate após lance combinado dos dois zagueiros, Mina e Arboleda, que terminou em rebote do goleiro Kawashima nos pés de Mena que fez 1 a 1, para comemoração dos paraguaios, benefiados e classificados com o resultado.

 

Rio de Janeiro

Carl de Souza/AFP

Uruguai Chile

Cavani decidiu mais uma vez e deu primeira posição ao Uruguai

 

No Maracanã, as duas seleções entraram em campo classificadas e a disputa era pelo primeiro lugar. Com duas vitórias, os chilenos jogavam pelo empate para terminar na liderança, o que obrigava o Uruguai a vencer para ser o líder. Depois de um primeiro tempo sem gols e pouca emoção, na etapa final ao lances de gol apareceram. Aos 23 a melhor chance chilena do jogo. Paulo Díaz, de cabeça, só não abriu o placar porque Giménez tirou em cima da linha. Na resposta do Uruguai, gol. Aos 36 minutos, após cruzamento de Rodríguez, Cavani, e cabeça, desviou a bola no canto direito de Arias, que não conseguiu evitar o gol da vitória uruguaia.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix