Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018 | 07:59
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 11 de Janeiro de 2018, 12h:32
Tamanho do texto A - A+

Operário apresenta elenco montado para superar os 21 anos sem títulos

Celso Rodrigues volta ao comando do time mesclando juventude e experiência de jogadores “com DNA de vencedor”

Flávio Brito
Capital News

A. Ramos/Capital News

Operário apresenta elenco montado para superar os 21 anos sem títulos

Elenco alvinegro de 2018

A. Ramos/Capital News

Operário apresenta elenco montado para superar os 21 anos sem títulos

Treinador Celso Rodrigues e o presidente Estevão Petrallás

Com uma história que reúne 10 títulos de campeão de Mato Grosso do Sul, o Operário Futebol Clube esperam superar os 21 anos de jujum no Estadual de Futebol com os reforços no elenco e na comissão técnica apresentados na manhã desta quarta-feira (10), em Campo Grande.

 

No Campeonato Estadual, o Galo estreia contra o ABC no próximo dia 17 de janeiro, no Estádio Morenão. Os dois times estão no Grupo A, junto com Comercial, Novo e Costa Rica. O Operário disputa  ainda a Copa Verde, e na primeira fase, em fevereiro, joga contra o Cuiabá-MT.

 

O evento de apresentação ocorreu no Hotel Grand Park, na avenida Afonso Pena, com a presença da torcida e da imprensa especializadal. O treinador Celso Rodrigues volta ao comando do time, que esse ano terá ao seu lado ao treinador de goleiros Ricardo Grahl e do massagista Antônio Carlos (Madalena), dando continuidade ao trabalho. A comissão técnica ganhou o reforço do preparador físico Jean que estava no Gama-DF em 2017, o mordomo Anderson (Barriga) o supervisor, professor Mauricio e o chofer Raul.

 

Neste este ano o clube vai contar também em sua comissão técnica com os serviços durante a temporada do Dr. Valdir Torres, Médico cardiologista e pós-graduado em medicina esportiva, ele será o médico responsável do Operário nos jogos do Estadual e da Copa Verde em 2018.

  

A. Ramos/Capital News

Operário apresenta elenco montado para superar os 21 anos sem títulos

Uniformes ainda em branco esperando por patrocinadores

O presidente Estevão Petrallás ressaltou a importância deste momento vivido pelo clube, e falou da dificuldade para atrair os patrocinadores neste atual momento da economia brasileira e questionou falta do apoio da prefeitura municipal futebol. “Fazemos futebol em uma capital de quase um milhão de habitantes, mexemos com a paixão do torcedor, é inadmissível não termos apoio público, sendo que no interior é o contrário. Empresas se instalam em Campo Grande, levam nosso dinheiro, ganham isenção fiscal e não contribuem com 1 real no esporte, isso precisa mudar”, enfatizou Petrallás.

 

“Mesmo com essas dificuldades, vamos entrar no campeonato com um grupo forte e de atletas focados em serem campeões e trazer o sorriso de volta ao nosso torcedor. Sei que os patrocinadores irão chegar, pois estamos trabalhando muito para viabilizar condições deste elenco ganhar o título estadual, lutar pelo título da Copa Verde e garantir o calendário do Operário para o próximo ano”, finalizou o presidente do clube.

 

O técnico Celso Rodrigues disse que os atletas foram escolhidos a dedo para buscarem o título para o clube nesta temporada. “Fizemos uma busca de atletas com o perfil de campeão, buscamos jogadores com DNA vencedor para formar esse elenco para as disputas deste ano, mesclamos a juventude e a experiência, nosso único objetivo é ser campeão, e iremos buscar os títulos das competições que iremos disputar”, afirmou o treinador do Galo.

A. Ramos/Capital News

Operário apresenta elenco montado para superar os 21 anos sem títulos

Comissão técnica do clube ganhou reforços 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix