CapitalNews

Domingo, 12 de Março de 2017, 11h:33

Inelegível

Da coluna Na Tarraqueta

Por Roberto Costa
Artigo de responsabilidade do autor

DIA DA MULHER I – O presidente da República, Michel Temer, foi prá lá de infeliz ao declarar que “o papel das mulheres na economia é serem astutas seguidoras do orçamento doméstico, capazes de notar as flutuações de preços”.

• • • • •


DIA DA MULHER II – Temer ressaltou também que as mulheres, "além de cuidar dos afazeres domésticos" e serem as responsáveis pela educação dos filhos, ganham "cada vez mais espaço" no mercado de trabalho.

• • • • •


DIA DA MULHER III - O Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, apresentou números da violência. A cada dois minutos, cinco mulheres são espancadas. A cada 1h30 uma mulher é morta. A cada 11 minutos, uma mulher é estuprada.

 

• • • • •


REFORMA TRABALHISTA – Excesso de regras para a relação entre patrão e empregado, fez o presidente da Câmara dos Deputados sugerir que a Justiça do Trabalho "não deveria nem existir".

Deurico/Arquivo Capital News

Ex-Governador do Estado perde direitos políticos por improbidade administrativa

Zeca do PT

 

• • • • •

 

INELEGÍVEL – Condenado por improbidade administrativa, o ex-governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, fica impossibilitado de disputar eleição por oito anos.

 

• • • • •


LAVA-JATO – As inúmeras acusações que pesam contra o ex-governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, deixa transparecer que faltará vida ao ‘gatuno carioca’ para cumprir a pena a ser aplicada.

• • • • •


AMBIENTALISTA – Ressocialização e integração a vida pública é realmente possível. Agente público acusado de desviar curso de rio agora é defensor intransigente do ecossistema. 

 

• • • • •


MAGOADO – O deputado estadual Lídio Lopes, do PEN, queria muito ser guindado à condição de presidente da cobiçada Comissão da Assembleia Legislativa, a CCJR. Beto Pereira venceu a disputa.

 

• • • • •


REFORMA I – Em regime de urgência, os deputados aprovaram na sessão de quinta-feira (9), o Projeto de Lei 13/2017, do Governo do Estado, que reorganiza a estrutura básica do Poder Executivo.

• • • • •


REFORMA II - A proposição visa tornar as ações dos órgãos estaduais condizentes com as exigências da atual conjuntura administrativa e econômica de Mato Grosso do Sul.

 

• • • • •


SURPRESA – O ex-governador André Puccinelli esteve recentemente no gabinete do prefeito Marquinhos Trad, do PSD. O teor do encontro ficou por conta da imaginação dos especialistas em política.

• • • • •


CRISE I – Quadrilátero no Centro da Capital possui 200 estabelecimentos comerciais fechados, 21% maior em relação a 2016, conforme pesquisa realizada pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande.

• • • • •


CRISE II – A pesquisa, porém, não contabilizou os prédios com salas comerciais em idêntica situação, o que pode tornar o número ainda maior. 

• • • • •


FAS I – O Governo de Mato Grosso do Sul aumentou em 7,5% a transferência de recursos do Fundo Estadual de Assistência Social para os 79 municípios. O valor saltou de 13,5 milhões em 2016 para R$ 14,5 milhões em 2017.

• • • • •


FAS II - Mato Grosso do Sul é o primeiro estado brasileiro a executar “transferências fundo a fundo”, direto do Fundo Estadual de Assistência Social para os fundos municipais.

• • • • •


AUGUSTO CURY

“Entendo que solidariedade é enxergar no próximo as lágrimas nunca choradas e as angústias nunca verbalizadas.”


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br