CapitalNews

Terça-Feira, 12 de Junho de 2018, 10h:02

Deficiente foi morto com golpe de mata-leão para ter o cartão de crédito roubado

O crime foi na região do Tiradentes, em Campo Grande

Laura Holsback
Capital News

 

Divulgação

Deficiente foi morto com golpe de mata-leão para ter o cartão de crédito roubado

Somente Emerson (o primeiro da imagem) está preso; Marcelo e Ana estão foragidos

 

Olgacir Aquino Ferreira, que era deficiente auditivo, foi assassinado com golpe de mata-leão para ter o cartão de crédito roubado. O crime ocorreu no dia 20 de maio, na rua Barão de Ubá, região do Tiradentes, em Campo Grande, e foi esclarecido nesta semana pela Delegacia Especializada na Repressão a Roubos e Furtos (Derf). Três usuários de drogas, apontados como autores do homicídio, foram identificados. 

 

Conforme as informações, Ana Carolina Ferreira Feliciano e o companheiro Emerson Soares da Graça, juntamente a Marcelo Souza da Silva planejaram e executaram o crime enquanto consumiam drogas na casa da vítima, que também era dependente química. 

 

Os três chegaram a ser detido dias depois do crime, mas como ainda não havia a prisão decretada foram soltos. Em depoimento, eles revelaram que foi combinado que Olgacir teria o cartão de crédito roubado quando estivesse sob efeito de drogas. Quando Ana sinalizou o companheiro dela agarrou a vítima pelos braços e aplicou o golpe de mata-leão. Enquanto isso, Marcelo tapou a boca de Olgacir.

 

Com as identificações dos autores, o delegado responsável pelo caso encaminhou à Justiça pedido de prisão preventiva que foi decretada. Apenas Emerson foi preso com apoio de policiais militares. Buscas são feitas para achar o paradeiro dos demais que estão foragidos. 

 


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br