Campo Grande/MS, Sábado, 21 de Outubro de 2017 | 11:02
27˚
(67) 3042-4141
Internacional
Sábado, 01 de Abril de 2017, 09h:06
Tamanho do texto A - A+

Deputado é baleado no Congresso Nacional Paraguaio

Opositores e polícia entraram em confronto após reeleição presidencial

Flavia Andrade
Capital News

Arceni acuña/ABCCOLOR

Deputado é baleado no Congresso Nacional Paraguaio

Opositores e polícia entraram em confronto após reeleição presidencial

Nesta sexta-feira (31), no Congresso Nacional Paraguaio, o deputado e presidente do Partido Liberal Radical Autêntico, Efraín Alegre, foi ferido com um tiro no início da noite.Partidários do presidente Horacio Cartes, são maioria no Senado Paraguaio, após a aprovação da reeleição presidencial, opositores e polícia entraram em conflito.

Segundo informações do site ABC Color, o tiro foi à queima roupa, já que Efraín estaria a menos de um metro e meio do agente da polícia. Durante a confusão entre os liberais foi ouvido um tiro. Somente após o barulho perceberam que o deputado estava caído e sangrando.

O tiro acertou o rosto do deputado causando ferimentos graves. Ele foi levado às pressas para o hospital onde passou por cirurgia.

A votação teve no total, 25 dos 45 votos a favor da emenda que institui a reeleição. A emenda deverá ser ratificada neste sábado pela Câmara dos Deputados, também controlada pelos governistas.

A ação foi realizada em um gabinete do Congresso, diante da resistência de legisladores da oposição contra a medida. O presidente do Senado, Roberto Acevedo, o primeiro vice-presidente do Senado, Eduardo Petta, e outros legisladores da oposição ocuparam o plenário da Casa para impedir a votação.

A emenda teve apoio de opositores ligados ao ex-presidente de esquerda Fernando Lugo, mas o restante da oposição denunciou a medida como um "golpe parlamentar".

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix