Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 24 de Maio de 2017 | 11:41
27˚
(67) 3042-4141
Internacional
Quarta-Feira, 14 de Dezembro de 2016, 17h:38
Tamanho do texto A - A+

Philip Alston Relator das Nações Unidas para Pobreza Extrema se pronuncia quanto a PEC 55

"Toda uma geração está condenada", diz relator da ONU sobre a PEC 55

Flavia Andrade
Capital News

UN/Divulgação

Philip Alston Relator das Nações Unidas para Pobreza Extrema se pronuncia quanto a PEC 55

"Toda uma geração está condenada", diz relator da ONU sobre a PEC 55

Relator das Nações Unidas para Pobreza Extrema em entrevista a Carta Capital afirma que nenhum governo poderia restringir os gastos de gestões futuras.
A velocidade com que a proposta tramitou no Congresso impressionou o australiano Philip Alston, relator especial da Organização das Nações Unidas para a Pobreza Extrema e os Direitos Humanos. Na sexta-feira 9, ele emitiu um comunicado no qual afirma que a aprovação da PEC 55 é um "erro histórico" que provocará "retrocesso social".

Segundo Philip Alston, essa proposta é muito problemática, não é nada coerente com os direitos humanos. “Limitar gastos sociais por um período de 20 anos é completamente inaceitável e nenhum governo poderia ter o direito de restringir as opções de governos futuros nesse sentido”.

Ainda de acordo com o relator, para haver mudanças dramáticas são necessários debates públicos, com informações detalhadas a respeito das conseqüências dessas medidas.

Alston se preocupa com toda uma geração futura  e que cortar gastos não irá resolver os problemas do país. (Conforme informações do site Carta Capital)

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix