Campo Grande/MS, Terça-Feira, 24 de Outubro de 2017 | 02:51
27˚
(67) 3042-4141
Meio Ambiente
Quarta-Feira, 31 de Maio de 2017, 13h:35
Tamanho do texto A - A+

Empresa de agropecuária é autuada por exploração ilegal de madeira

A área faz parte da unidade de conservação e possui proteção integral contra o desmatamento

Jhefferson Gamarra
Capital News

Após denuncias de que uma empresa de agropecuária estaria explorando madeira ilegalmente dentro do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, uma equipe da policia militar ambiental de Bonito foi deslocada até o local, na tarde da última terça-feira (30).

Divulgação/PMA

Empresa de agropecuária é autuada por exploração ilegal de madeira na Serra da Bodoquena

Espécie jatobá-mirim e aroeira foram retiradas da área de Conservação

A propriedade rural denunciada fica localizada a 20 km da cidade e possui partes dentro do Parque Nacional da Serra da Bodoquena. No local a PMA encontrou árvores da espécie jatobá-mirim e aroeira que foram retiradas da área de Conservação, que é de proteção integral.

A madeira estava em uma serraria nas proximidades da sede da fazenda. Foram apreendidos 4,1 m³ de madeira e as atividades foram paralisadas.

A empresa infratora, com sede em Bonito, foi autuada administrativamente e multada em R$ 76.200,00. Os responsáveis pela empresa também responderão por crime ambiental de causar dano direto a Unidade de Conservação.

Divulgação/PMA

Empresa de agropecuária é autuada por exploração ilegal de madeira na Serra da Bodoquena

A madeira era tratada em uma serraria nas proximidades da sede da fazenda

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix