Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017 | 06:12
27˚
(67) 3042-4141
Meio Ambiente
Quarta-Feira, 07 de Junho de 2017, 13h:57
Tamanho do texto A - A+

Fazendeiro é multado após desmatar 19 hectares de vegetação nativa

O fazendeiro terá que apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada

Jhefferson Gamarra
Capital News

Durante fiscalização ambiental em uma propriedade rural, localizada à rodovia MS-156, no município de Amambai, a 381 quilômetros de Campo Grande, uma equipe da Policia Militar Ambiental de Naviraí se deslocou até uma área de vegetação nativa desmatada ilegalmente, após constatar que a degradação através de imagens levantadas por satélite.

Divulgação/PMA

 Fazendeiro é multado após desmatar 19 hectares de vegetação nativa

Os policiais mediram a área com uso de GPS, que totalizou 18,88 hectares destruídos


Ao chegar ao local os policiais constataram que o proprietário rural não possuía autorização ambiental para a atividade. A vegetação desmatada encontrava-se em leiras. Os policiais mediram a área com uso de GPS, que totalizou 18,88 hectares destruídos.

As atividades foram interditadas e o proprietário da fazenda, de 70 anos, residente em Amambai, foi multado em R$ 9.440,00 e responderá por crime ambiental. Além de ser obrigado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Operação Cachorro Vinagre
A Polícia Militar Ambiental tem realizado desde o ano passado, diversas autuações por desmatamentos ilegais, em parceira com o Ministério Público Estadual, em uma operação denominada Cachorro Vinagre. Os levantamentos das supressões vegetais, algumas ocorridas em anos anteriores e outras neste ano, são realizados pelo Núcleo de Geoprocessamento no Ministério Público (NUGEO), com imagens de satélites comparativas em tempos diferentes. Vários desmatamentos que não possuem licenciamento são vistoriados pela Polícia Militar Ambiental e as autuações executadas.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix