Campo Grande/MS, Domingo, 21 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Meio Ambiente
Segunda-Feira, 14 de Janeiro de 2019, 11h:12
Tamanho do texto A - A+

Projeto de recuperação do rio Taquari é discutido em Brasília

Medida prevê conversão de multas ambientais na recuperação e preservação do Rio

Caroline Carvalho
Especial para Capital News

Divulgação/Governo do Estado

Projeto de recuperação do rio Taquari é discutido em Brasília

Assoreamento do rio Taquari causou inundação permanente de mais de 1,3 milhão de hectares no Pantanal

O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, e o diretor-presidente do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) Ricardo Eboli, estiveram reunidos na semana passada com os ministros Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) para tratar da conversão dos recursos oriundos de multas por danos ambientais em ações de recuperação da rio Taquari. O encontro aconteceu em Brasília na última terça-feira (8).

Divulgação/Governo do Estado

Projeto de recuperação do rio Taquari é discutido em Brasília

Reunião com os ministros Tereza Cristina e Ricardo Sales aconteceu na última semana

 

A medida foi assinada no dia 7 de dezembro pelo então presidente da República, Michel Temer, e na prática, traduz o esforço de restaurar os recursos naturais destruídos na bacia do rio Taquari, que sofre com o seu assoreamento há pelo menos três décadas. O desastre ambiental inundou permanentemente mais de 1,3 milhão de hectares no Pantanal. 

 

De acordo com a assessoria de comunicação do Semagro, o ministro Ricardo Salles disse durante a reunião que a normativa de conversão das multas ainda passará por revisão, mas entendeu a questão como prioritária em função do grande impacto ambiental, social e econômico que tem causado. 

 

Ainda segundo a assessoria, na reunião foram apresentadas as principais medidas a serem adotadas, como o Programa de Ações para promover o desenvolvimento sustentável e efetivar a recuperação ambiental da bacia do Rio Taquari. “A ministra Tereza Cristina destacou a importância do projeto e disse que o Ministério da Agricultura também trabalhará num programa nacional de recuperação do solo”, disse Verruck.

 

O secretário destacou ainda uma importante ação que vem sendo desenvolvida pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT), que abriu licitação para elaboração de estudos técnico, econômico e ambiental para sinalização de margem, balizamento e projeto de drenagem na hidrovia do Taquari. A licitação vai acontecer no dia 17 de janeiro.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix