Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 24 de Março de 2017 | 23:47
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Segunda-Feira, 09 de Janeiro de 2017, 10h:53
Tamanho do texto A - A+

Comando de chacina em Manaus saiu da Máxima em Campo Grande segundo imprensa Nacional

Quadrilhas disputam controle de região estratégica para entrada de drogas

Flavia Andrade
Capital News

Deurico/Arquivo Capital News

Foto ilustrativa de fachada do Presídio Federal, Penitenciária Federal de Campo Grande

Ordem da chacina em Manaus teria saído do presídio Federal da Capital

A ordem para realizar a chacina em Manaus (AM) teria saído do presídio federal de Campo Grande (MS),e sido recebida e cumprida pelos detentos do Complexo Anísio Jobim (Compaj) em Manaus (AM), a rebelião totalizou 56 mortes na semana passada, segundo matéria veiculada no Fantástico, neste domingo (08), a informação divulgada é de autoridades federais e estaduais.
 
O traficante José Roberto Fernandes Barbosa é conhecido no mundo do crime como Zé Roberto da Compensa, um dos chefes da facção criminosa que controla o tráfico de drogas na região Norte do Brasil, e está preso na Penitenciária de Segurança Máxima da Capital.

Seap/Divulgação

Rebelião em presídio de Manaus só perde para o Massacre do Carandiru em mortes

Complexo Anísio Jobim , Manaus (AM)


De acordo com autoridades a ordem que chegou a Manaus, era de matar criminosos de uma facção rival, da região sudeste, que estavam disputando com a quadrilha amazonense o controle de tráfico da região Norte. 


O presídio está localizado em uma região estratégica, onde é escoada a droga produzida no Peru e na Colômbia, sendo estes países, os dois maiores produtores de Cocaína, através da Rota dos Solimões.  (Conforme informação veiculada pela Rede Amazônica e programa Fantástico) (Matéria editada as 17h10 para correção de informações).

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix