Campo Grande/MS, Domingo, 20 de Agosto de 2017 | 05:51
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Terça-Feira, 10 de Janeiro de 2017, 09h:51
Tamanho do texto A - A+

Força Nacional chegará à região Norte na madrugada desta terça

Rebeliões em Manaus e Roraima causaram 64 mortes na última semana

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/PMMS

Força Nacional permanece por mais 180 dias no MS na região de fronteira

Força Nacional é encaminhada a região Norte após rebeliões

Região Norte recebeu na madrugada desta terça (10), 200 integrantes da Força Nacional, para reforçar a segurança das penitenciárias locais. Na última semana, as rebeliões em Manaus e Roraima, comandadas por facções criminosas, causaram 64 mortes.

Os homens não deverão substituir agentes penitenciários dentro das prisões, mas reforçarão a segurança do entorno, podendo dar apoio às barreiras, ajudar na captura de fugitivos, escolta e guarda de presos que eventualmente precisem se deslocar para algum tribunal, por exemplo.

"A Força Nacional não poderá realizar substituição do que seria a função de polícia penitenciária", explicou. O transporte desses militares será feito por aviões da Força Aérea Brasileira.

De acordo com o Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, sete estados pediram ajuda para reforçar a segurança do sistema penitenciário local, além do Amazonas e Roraima, também pediram ajuda, Acre, Mato grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantis.


Transferências de presos para presídios federais foram solicitadas e serão autorizadas pela Justiça ao surgirem vagas nos presídios, estes sendo escoltados pela Polícia Federal, além de armamentos e equipamentos para melhoria do sistema.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix