Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017 | 06:40
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Quinta-Feira, 09 de Novembro de 2017, 12h:34
Tamanho do texto A - A+

Globo afasta William Waack após vídeo com comentário racista vazar na internet

Em nota, Rede diz que iniciará conversas com o âncora para próximas decisões

Luan Saraiva
Especial para o Capital News

O apresentador do Jornal da Globo, William Waack, foi afastado nesta quarta-feira (8), por ter feito comentários racistas em vídeo que vazou na internet.


As imagens do vídeo são da campanha eleitoral dos Estados Unidos em 2016. Minutos antes de entrar ao vivo, ao lado do entrevistado Paulo Sotero, do Wilson Center.

Waack xinga um carro que estava buzinando na rua, vira-se para o convidado do programa e afirma duas vezes em tom baixo que o barulho na rua é coisa de “preto”. Depois de reclamar das buzinadas, o apresentador diz: "Você é um, não vou nem falar, eu sem quem é...". E depois, virando-se para o convidado diz: "É preto".

Veja o vídeo:



O entrevistado Paulo Sotero, que representa um centro de pesquisas internacionais, procurado pelo site BuzzFeed, diz não se lembrar do dia em questão e que repudia qualquer forma de racismo.

No mês em que se é comemorado o dia da Consciência Negra, a principal luta da comunidade negra no país ainda é contra o racismo e injúria racial.

 

Em nota, a TV Globo afirma ser “visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações” e, por isso, toma a decisão do afastamento até que a situação esteja esclarecida". A tempo, a Globo afirma que "William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo" e que iniciará conversas com Waack para próximas decisões.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix