Campo Grande/MS, Domingo, 23 de Julho de 2017 | 10:53
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Quarta-Feira, 17 de Maio de 2017, 10h:57
Tamanho do texto A - A+

Justiça concede liminar para que Instituto Lula volte a funcionar

Instituto do ex-presidente estava com as atividades suspensas desde a semana passada

Jhefferson Gamarra
Capital News

A decisão tomada na tarde da última terça-feira (16)  pelo desembargador Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal (TRF) da Primeira Região, com sede em Brasília, revogou a decisão tomada na semana passada pelo juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal que suspendeu as atividades no instituto Lula.

Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Se precisar, serei candidato a presidente em 2018, diz Lula em festa do PT

Ex-presidente é réu em cinco inquérito na Lava Jato


Em seu despacho para a interdição do Instituto, o juiz Ricardo Leite havia justificado que, há indícios de que delitos criminais teriam sido iniciados na sede da entidade, em São Paulo, mesmo que o instituto do ex-presidente desenvolva projetos de cunho social.

Em sua decisão o desembargador Néviton Guedes afirmou não haver relação entre a medida e seu objetivo, e que a medida não deixou claro como a suspensão das atividades do instituto poderia impedir as supostas atividades ilícitas apontadas pelo juiz. O desembargador afirmou ainda que a medida não poderia ser tomada sem a solicitação do Ministério Público.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix