Campo Grande/MS, Terça-Feira, 27 de Junho de 2017 | 06:38
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Segunda-Feira, 20 de Março de 2017, 13h:58
Tamanho do texto A - A+

Ministério exonera superintendentes do Paraná e de Goiás

Governo afastou 33 pessoas suspeitas de envolvimento nas irregularidades da Operação Carne Fraca

Flavia Andrade
Capital News

José Cruz/Agência Brasil

Ministério exonera superintendentes do Paraná e de Goiás

Governo afastou 33 pessoas suspeitas de envolvimento nas irregularidades da Operação Carne Fraca

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) através de uma portaria, exonerou superintendentes federais de agricultura, pecuária e abastecimento, do Paraná, Gil Bueno de Magalhães, e de Goiás, Júlio César Carneiro. Depois de outras 33 pessoas suspeitas de envolvimentos serem afastadas. 

 

De acordo com a PF, frigoríficos envolvidos nesse esquema criminoso "maquiavam" carnes vencidas e as reembalavam para conseguir vendê-las. As empresas subornavam fiscais do ministério para que autorizassem a comercialização do produto sem a devida fiscalização. A operação da Polícia Federal denunciou um esquema criminoso envolvendo empresários do agronegócio e fiscais agropecuários que facilitavam a emissão de certificados sanitários para alimentos inadequados para o consumo. 

 

Neste domingo (19), O caso levou o presidente Michel Temer a anunciar, neste domingo (19), mais rigor na fiscalização dos frigoríficos brasileiros e a determinar celeridade nas auditorias a serem feitas nos estabelecimentos envolvidos no esquema. 

inteiro", finaliza.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix