Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Segunda-Feira, 18 de Março de 2019, 10h:09
Tamanho do texto A - A+

Psiquiatra escolhido por Bolsonaro vai entrevistar Adélio Bispo

Adélio está preso no Presídio Federal de Campo Grande, depois de tentar matar o atual presidente com uma facada em setembro do ano passado

Leonardo Barbosa
Capital News

Youtube/Reprodução

Agressor de Bolsonaro chama de ‘incidente’ facada contra candidato

Acusado está preso no Presídio Federal de Campo Grande

 

O juiz da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora, Bruno Souza Savino, autorizou que um médico psiquiatra indicado por Jair Bolsonaro entreviste Adélio Bispo de Oliveira, acusado de tentar matar o atual presidente com uma facada em setembro do ano passado, durante um ato político em Juiz de Fora/MG, no primeiro turno das eleições.

 

Adélio está preso provisoriamente desde o dia do crime, e Bolsonaro já passou por três cirurgias desde a facada que levou no abdômen.

 

O juiz também determinou que os peritos responsáveis pelos laudos psiquiátricos do esfaqueador esclareçam divergências apontadas pelo MPF em suas avaliações. Na última terça-feira (12), a defesa de Adélio protocolou na Justiça Federal, um laudo complementar sobre a insanidade mental do autor confesso da facada.

 

"Peritos que participaram do laudo psiquiátrico divergiram do laudo psicológico, feito posteriormente, para aprofundar a investigação sobre a possibilidade de insanidade mental de Adélio Bispo", afirmou o procurador do caso, Marcelo Medina. O procurador, no entanto, não detalhou quais as divergências nos laudos e nem o teor dos documentos. O processo corre em segredo de Justiça.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix