Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017 | 06:22
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 10 de Novembro de 2017, 12h:53
Tamanho do texto A - A+

Após denuncia de contrabando de combustível, Polícia Civil prende dois por tráfico de drogas

Entorpecentes seriam entregues para amigo da dupla, que em troca, pagaria R$200 pelo transporte

Luan Saraiva
Especial para o Capital News

Divulgação/Polícia Civil

Após denuncia de contrabando de combustível, Polícia Civil prende dois por tráfico de drogas

Juntamente com os autuados foram encaminhados o veículo, entorpecentes. Ambos foram submetidos a exame de lesões corporais e se encontram a disposição da Justiça

Dois homens foram autuados em flagrante por tráfico de entorpecentes na tarde desta quarta-feira (9) em Corumbá. A Polícia Civil recebeu denúncia anônima de que um veículo com placa boliviana estaria contrabandeando combustível. Mediante as buscas, o veículo foi encontrado. A polícia deu ordem de parada, mas o condutor não obedeceu, tentando fugir sentido ao centro da cidade.

Divulgação/Polícia Civil

Após denuncia de contrabando de combustível, Polícia Civil prende dois por tráfico de drogas

Autuados ganhariam R$200 pelo transporte da droga


Após perseguição, a guarnição conseguiu alcançá-los. O motorista Edwin Wilver Gallardo Leon, de 24 anos, e Emilio Quispe Casso, 70 anos, ambos bolivianos, foram autuados em flagrante por tráfico de entorpecentes.

Ao realizarem revista no carro, os policiais encontraram aproximadamente um quilo de substância análoga à cocaína, e cerca de um quilo de pasta-base. Ambos receberam voz de prisão no local e foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil onde assumiram a propriedade do entorpecente, afirmando que iriam realizar a entrega para um amigo, onde a recompensa pelo serviço seria de R$200,00 pelo transporte.

Questionados acerca da comercialização ilícita dos combustíveis, ambos negaram a prática.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix