Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 14h:21
Tamanho do texto A - A+

Celulares roubados são levados para o camelódromo

Maioria dos roubos seguidos de morte é por causa de celulares

Elaine Silva
Capital News

A Polícia Civil realizou na manhã desta terça-feira uma operação no Camelódromo de Campo Grande e as lojas ao redor. O motivo a princípio é a revenda de celulares roubados. Quatro comerciantes do centro comercial foram alvos da operação. Apenas uma pessoa foi encaminhada para prestar esclarecimento e quatro motocicletas foram apreendidas. 

 

Reprodução/Internet

camelódromo campo grande

Celulares roubados são vendidos no Camelódramo

Conforme o delegado Reginaldo Salomão desde 2016 para 2019, praticamente 90% dos casos de latrocínio eram de roubos de celulares, sendo que as vítimas preferenciais dos bandidos são mulheres e jovens da periferia com idade de 18 a 20 anos. Em primeiro momento a operação será uma orientação aos comerciantes e logo depois será realizada a fase de repressão. 

 

Durante a operação foram apreendidas quatro motocicletas em torno do camelódromo.  A ação contou com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), equipes da Guarda Municipal, Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (Defurv), Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizada (Deco ) e Delegacia de Homicídios (DEH) deram apoio à operação.

 

Foi disponibilizado o número (67) 99986-0295 para denúncias. 

 

Martin Cooper -  Nome da operação é em homenagem ao Martin Cooper, apontado como criador do celular. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix