Campo Grande/MS, Domingo, 22 de Julho de 2018 | 04:57
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 10 de Janeiro de 2018, 18h:28
Tamanho do texto A - A+

Criminosos seguiriam para o Paraguai em comboio com 4 caminhonetes roubadas

Em um dos veículos viajava uma família para tentar não levantar a suspeita de policiais

Laura Holsback
Capital News

 

Divulgação/PRF

Em um dos veículos viajava uma família para tentar não levantar a suspeita de policiais

Caso foi registrado na delegacia plantonista do Centro, depois encaminhado à Defurv

 

Seis pessoas foram presas se organizando para seguir em comboio para o Paraguai com quatro caminhonetes roubadas. A operação policial para desarticular o esquema criminoso envolveu policiais rodoviários federais e policiais militares do Batalhão de Choque e aconteceu entre a noite desta terça-feira (9) e madrugada de hoje, em Campo Grande.

 

De acordo com informações da PRF, a primeira abordagem ocorreu perto do quilômetro 530 da BR-163. No local, foi interceptada uma caminhonete Hilux , que era conduzida por um homem, de 27 anos. 

 

Ele não soube explicar os motivos da viagem e ficou bastante nervoso diante dos policiais. Em verificação, foi constatado que o veículo tinha registro de roubo em Anápolis (GO).

 

O homem acabou confessando que iria para Campo Grande, onde dois comparsas o aguardavam em um hotel. De lá, seguiriam para o Paraguai.

 

Policiais militares foram acionados e no endereço encontraram mais dois veículos, sendo um Fusion  que serviria como batedor, segundo a polícia, e outra Hilux. No local, um homem, de 28 e outro de 34 anos foram presos. Os dois homens revelaram que também iriam para o país vizinho e que aguardavam outra caminhonete, também Hilux, furtada que viria de Goiás.

 

Policiais que atuam na rodovia perto de Jaraguari foram avisados e montaram barreira à espera do criminoso que não obedeceu à ordem de parada, fugiu e foi perseguido, mas acabou preso. 

Com o motorista, de 23 anos, havia uma passageira, de 26, e outro homem, de 27. Além de duas crianças, de 1 e 8 anos que são filhos da mulher e a terceira, de 4 anos, filho do passageiro.

 

O motorista dessa terceira caminhonete informou de uma quarta Hilux que estaria em um Centro Automotivo na cidade, aguardando para um integrante da quadrilha ir buscá-la. No local, os militares encontraram o veículo e o identificaram como clone.

 

As quatro caminhonetes recuperadas e o Fusion foram levados para a Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (Defurv).  As crianças foram entregues aos responsáveis.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix