Campo Grande/MS, Domingo, 28 de Maio de 2017 | 08:23
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Domingo, 19 de Março de 2017, 11h:17
Tamanho do texto A - A+

Dono de oficina é autuado em R$ 50 mil pela PMA

Homem armazenava 9 mil litros e 500 kg de agrotóxicos ilegalmente

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/NotíciasMS

Dono de oficina é autuado em R$ 50 mil pela PMA

Homem armazenava 9 mil litros e 500 kg de agrotóxicos ilegalmente

Policiais Militares Ambientais (PMA) de Costa Rica durante fiscalização em uma oficina mecânica de máquinas pesadas autuaram o proprietário, por armazenamento ilegal de agrotóxicos. A PMA flagrou na propriedade 8.851 litros em galões e 500 kg em caixas de agrotóxicos de várias marcas armazenados em uma pequena sala sem as menores condições de receber o produto perigoso.

 

Na oficina, foi observada total falta de cuidados com óleos das máquinas manipuladas no estabelecimento, que caiam diretamente ao solo, o qual não era impermeabilizado. O autuado foi notificado a tomar providências relativas aos contaminantes na propriedade.

Não havia proteção do solo nem rótulos de riscos, ou quaisquer avisos de perigo, contrariando as normas técnicas e a legislação ambiental, bem como a bula dos próprios produtos.

 

O agrotóxico foi apreendido e foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Costa Rica. O infrator responderá por crime ambiental, previsto pelo artigo 56 da Lei 9.605/1998 de: produzir, processar, embalar, importar, exportar, comercializar, fornecer, transportar, armazenar, guardar, ter em depósito ou usar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou nos seus regulamentos. Se condenado, poderá pegar pena de um a quatro anos de reclusão. 

 

O infrator também foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 50.000,00 por armazenamento do produto perigoso contrariando as normas técnicas e a legislação ambiental.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix