Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 06 de Junho de 2019, 13h:58
Tamanho do texto A - A+

Em 2019 apreensão de drogas cresce 30% em MS

Durante cinco meses foram quase 140 toneladas de entorpecentes apreendidos

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/DOF

Jovem e adolescente são flagrados levando maconha para MT

Droga apreendida somou 61 kg entre as malas do casal e a sem identificação

Em cinco meses Mato Grosso do Sul apreendeu quase 140 toneladas de entorpecentes retirados de circulação. A quantidade corresponde a um crescimento de 30% se comparado com o mesmo período do ano passado, quando foram apreendidas 106 toneladas.

 

O Estado possui 1.517 quilômetros de fronteira, dos quais 1.131 com o Paraguai e 386 com a Bolívia, desses 549 de fronteira seca, o que o torna vulnerável ao crime transnacional. Além de fazer divisa com os estados de Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

 

Dos estados brasileiros Mato Grosso do Sul está entre os que mais apreendem drogas no país. Conforme o secretário de Justiça e Segurança Pública Antonio Carlos Videira o aumento na  apreensão de entorpecentes é pelo trabalho das polícias especializadas de repressão e combate à criminalidade, como a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), o 14º Batalhão da Polícia Militar Rodoviária (BPMRv), o Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e a Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), que são as responsáveis pelo maior número das apreensões.

 

“Desde que nós começamos a focar nas investigações dos pontos de distribuição e nas quadrilhas que atuam em Mato Grosso do Sul, essa medida tem impactado diretamente na redução dos índices criminais em praticamente todos os municípios”, relatou o secretário, que ainda fez questão de reforçar que a população tem contribuído muito denunciando esses pontos de distribuição de drogas.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix