Campo Grande/MS, Domingo, 19 de Novembro de 2017 | 09:16
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 17 de Fevereiro de 2017, 13h:09
Tamanho do texto A - A+

Ex-marido confessa ter matado vítima e jogado corpo na piscina para simular afogamento

Mulher foi encontrada morta pela própria filha, na piscina da residência onde moravam

Liniker Ribeiro
Capital News

Divulgação

Ex-marido confessa ter matado vítima e jogado corpo na piscina para simular afogamento

Suspeito foi apresentado nesta sexta-feira

Está preso desde a última quinta-feira (16) na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), em Campo Grande, Vagner Lopes, de 39 anos. Ele é suspeito de enforcar a ex-esposa até a morte e ter simulado o afogamento da vítima jogando o corpo em uma piscina. 

 

Corpo de Luciane de Freitas Souza Lopes, de 43 anos, foi encontrado foi encontrado pela filha da vítima, na residência onde as duas moravam na rua Ouro Negro, bairro Marcos Roberto, em Campo Grande. Caso aconteceu no início da manhã de segunda-feira (13). 

 

Suspeito foi apresentado na manhã desta sexta-feira (17) pela delegada responsável pelo caso, Anne Karine Sanches Trevizan. Segundo ela, Luciene havia saído para encontrar amigos em um bar da capital, quando se encontrou com Vagner. Os dois tiveram uma discussão e o homem foi retirado do estabelecimento pelo proprietário. 

 

Descontente, o suspeito teria continuado a beber na região e seguido à vítima até sua casa. Ele confessou que aproveitou o intervalo de tempo até o portão eletrônico fechar para invadir o local, surpreendendo a mulher assim que ela saiu de seu automóvel. 

 

Luciene foi estrangulada com um “mata leão” e teve seu pescoço quebrado pelo suspeito. Logo em seguida a vítima foi jogada na piscina em uma tentativa de simular seu afogamento. Após o crime, Vagner fugiu do local e não havia sido localizado até ontem. 

 

Suspeito estava escondido em um assentamento próximo ao município de Sidrolândia e foi preso após confessar o crime. Se dizendo estar arrependido, Vagner foi encaminhado para a sede da DEAM, onde está preso até o momento. 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix