Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 21 de Março de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 13 de Março de 2019, 16h:23
Tamanho do texto A - A+

Homem é investigado por estupro de filha de 5 anos na Capital

Suspeito foi ouvido e liberado, já que não houve flagrante do delito

Caroline Carvalho
Capital News

Deurico/Capital News

Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca)

Caso está sendo investigado na Depca (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente), em Campo Grande

Um atendente de telemarketing, de 26 anos, é investigado pelo estupro da própria filha, de 5 anos. O caso chegou à Depca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) na última segunda-feira (11), após denúncia à Polícia Militar. Todas as partes foram ouvidas e o suspeito foi liberado após o depoimento, já que não houve flagrante. 

 

A delegada Marília Brito, responsável pelo caso, disse ao Capital News que a vítima teria relatado os abusos para a mãe, que acionou imediatamente a polícia. Durante o depoimento da criança na delegacia, realizado por meio da escuta especializada, ela confirmou a violência que sofreu em casa. 

 

Ela foi submetida a exame de corpo de delito no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), mas laudo ainda não ficou pronto. O suspeito negou os crimes, mas mesmo assim foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, cuja pena varia de 8 a 15 anos de reclusão. 

 

Ainda conforme a delegada, foi pedida medida protetiva de manutenção de distância mínima entre a vítima e agressor. A mãe foi orientada a tutelar a vítima e não permitir a aproximação dele, mas não há informações, segundo a delegada, se o suspeito voltou ou não para a casa. A esposa está grávida do segundo filho. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix