Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 20 de Junho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 31 de Maio de 2019, 18h:12
Tamanho do texto A - A+

Motorista de aplicativo simula assalto, mas é descoberto pelo SIG

Falsa vítima caiu em contradição sobre o local que teria ficado no cativeiro e acabou confessando a invenção

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil descobriu um falso assalto a um motorista de aplicativo em Dourados relatado pela própria vítima na terça-feira (28). De acordo com o homem, o motivo da mentira seria uma dívida de R$ 400 com o proprietário do veículo.

Divulgação/SIG

Motorista de aplicativo simula assalto, mas é descoberto pelo SIG

Motorista de aplicativo revelou a mentira do assalto nesta quinta-feira


De acordo com o delegado do SIG, Rodolfo Daltro, o homem compareceu a Delegacia de Pronto Atendimento no dia 28 relatando ter sido vítima de roubo no dia anterior por volta das 20h. Em seu relato, disse que fez o transporte de dois homens e que durante o percurso um deles sacou uma pistola e anunciou o assalto.    

A falsa vítima revelou que teve R$ 350, um aparelho celular e outros pertences levados pela dupla e que ainda ficou em um cativeiro por algum tempo.

Com essas informações, o SIG entrou em ação para tentar descobrir os “autores” e passou a ouvir por algumas vezes o motorista. Dessa forma, foi verificado contradições no depoimento prestado, tal como a forma que foi contratado pelos autores e local onde permaneceu em cativeiro.

Nesta quinta-feira (30), o motorista não conseguiu mais sustentar a mentira e acabou confessando a invenção. Ele informou que por estar com uma dívida no valor de R$ 400 com o proprietário do carro por ele utilizado nos serviços de transporte de passageiros inventou o roubo no valor de R$ 350.

O homem ainda relatou que criou a história do roubo por pensar que o caso seria “só mais um para a estatística”, ou seja, que não seria efetivamente investigado. Em razão de ter mentido sobre o roubo, ele responderá pela prática de Falsa Comunicação de Crime.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix