Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 | 00:40
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 14 de Julho de 2017, 16h:01
Tamanho do texto A - A+

Motorista que causou acidente com 3 mortes pode ter dormido ao volante

Um funcionário da CCR Via MS teria visto o motorista com a a cabeça abaixada momento antes do acidente acontecer

Cristiano Arruda
Capital News

Divulgação

Pai e filho estão entre as vítimas carbonizadas em acidente na BR-163

Acidente deixou 3 mortos

As investigações da Polícia Civil, suspeitam que o motorista que causou o acidente no Macroanel de Campo Grande, na tarde desta quinta-feira (14), onde além do mesmo duas outras pessoas morreram carbonizadas, teria dormido ao volante. Conforme o delegado que cuida do caso, um funcionário da CCR Via MS teria visto o motorista com a a cabeça abaixada momento antes do acidente acontercer.

 

Duas carretas que se envolveram no acidente transportavam adubo e pertenciam a uma mesma empresa, ainda de acordo com o delegado  a equipe de pericia já recolheu o tacógrafo do caminhão e tentará descobrir a distância percorrida e a velocidade do veículo.

 

Em uma rede social do caminhoneiro é possível ver diversas fotos de caminhões, inclusive, o que motivou a batida. Com a colisão morreram também Joel Silva de Lima, de 51 anos e o filho, o cirurgião dentista Jeiel Santana de Lima, de 27 anos, que estavam no carro de passeio que foi ‘esmagado’ por duas carretas e em seguida pegou fogo.

 

Acidente:

O acidente aconteceu na tarde desta quinta-feira (13), após um enagvetamento no Macroanel de Campo Grande na BR-163, envolvendo três carretas, um caminhão e um carro de passeio matou três pessoas carbonizadas.

 

Na manhã desta sexta-feira (14), as vítimas foram identificadas como Adeilton Rosa da Veiga, 38 anos (Motorista o Caminhão) e Joel da Silva de Lima, 52 anos e o cirugião dentista Jeil Santana de Lima, 27 anos (Pai e filho que estavam no carro de passeio).

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix