Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018, 19h:45
Tamanho do texto A - A+

Mulher é presa pela segunda vez por cometer estelionato

Acusada já havia sido detida em 2011 e é apontada como a líder de uma organização que falsificava documentos para empréstimos

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Rádio Caçula

Mulher é presa pela segunda vez por cometer estelionato

Luciana Sobrinho já é conhecida na região pela prática do crime

Ao tentar realizar um empréstimo em nome de uma moradora do interior paulista, a estelionatária Luciana Sobrinho foi descoberta praticando o mesmo golpe em Três Lagoas. Ela já é conhecida na região pela prática. A desconfiança surgiu por uma proprietária de uma financeira, que descobriu a intenção.

Conforme o site Rádio Caçula, Luciana foi presa pela Polícia Federal em janeiro de 2011 durante a Operação “Stelliun 21” e ela é apontada como a líder de uma organização criminosa que falsificava documentos em nome de servidores públicos estaduais para a realização de empréstimos. Na ocasião a Polícia apurou que a gangue havia desviado cerca de R$ 500 mil.

A acusada esteve na financeira na quinta-feira (13) e solicitou um empréstimo no valor de R$ 20 mil, porém quando atendente recebeu os documentos da estelionatária notou que havia indícios de falsificação. A proprietária da financeira conseguiu entrar em contato com a dona do documento falsificado. 

A moradora da cidade de Rio das Pedras (SP) disse que há meses vem recebendo ligações de bancos questionando a respeito de solicitações de empréstimo. A vítima disse que nunca esteve no Estado de Mato Grosso do Sul e se surpreendeu com a facilidade que Luciana teve para realizar os empréstimos em seu nome.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix