Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 28 de Julho de 2017 | 05:01
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 17 de Maio de 2017, 15h:56
Tamanho do texto A - A+

Polícia apresenta suspeito de tentar matar motorista da Uber durante assalto

Advogado de defesa afirma que crime foi cometido para que suspeito pudesse pagar pensão

Liniker Ribeiro
Capital News

Polícia Civil de Campo Grande apresentou na manhã desta quarta-feira (17), o homem suspeito de esfaquear um motorista da Uber durante um assalto no fim do mês passado. A vítima realizava uma corrida no dia 28 de abril, por volta das 18h30, quando o “passageiro” anunciou o assalto.

Reprodução/PCMS

Polícia apresenta suspeito de tentar matar motorista da Uber durante assalto

Suspeito de latrocínio


De acordo com o delegado responsável pelo caso, a identificação do suspeito se deu no dia seguinte ao crime, quando o veículo da vítima foi encontrado abandonado. No carro foi encontrado um par de luvas usado pelo autor, na tentativa de não ser identificado.

“Isso nos leva a entender que ele [o autor] agiu de caso pensado, de forma premeditada”, analisa Gustavo Ferrari, delegado da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (Defurv).

Com prisão decretada no dia 10 de maio, o suspeito chegou a ser considerado fugitivo por cinco dias, até ele se apresentar à polícia no dia 15. Ainda de acordo com o delegado, a defesa do autor relatou que seu cliente agiu para conseguir dinheiro e pagar pensão para a mãe de sua filha, pois estava sendo cobrado pela família da jovem.

Ainda de acordo com o advogado de defesa, a intenção do suspeito era apenas roubar a carteira e o telefone celular do motorista, mas para o delegado Gustavo Ferrari, há sim provas de que o crime desde o início foi pensado como latrocínio, roubo seguido de morte. Cinco pessoas foram ouvidas pela Polícia Civil desde a data do crime.

 

Motorista ferido durante ação criminosa está internado na Santa Casa de Campo Grande desde a data do crime.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix