Campo Grande/MS, Terça-Feira, 23 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 14h:54
Tamanho do texto A - A+

PRF bate recorde e apreende mais de 8 t de maconha em duas apreensões

Em um dos casos, droga estava escondida em um caminhão carregado com milho

Renato Giansante
De Dourados para Capital News

Divulgação/PRF

PRF bate recorde e apreende mais de 8 t de maconha em duas apreensões

Maior apreensão do ano estava em um caminhão carregado com milho

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou nesta segunda-feira (24) a maior apreensão de droga do ano ao flagrar 7,3 toneladas de maconha em um caminhão Scania/T113, atrelado a um semirreboque na rodovia BR-463, em Ponta Porã.

 

O veículo, com placas de Almirante Tamandaré (PR), estava carregado com milho que segundo o condutor, de 48 anos, havia carregado em Aral Moreira. Aos policiais, o homem apresentou nervosismo e levantou suspeitas da equipe que encontrou fardos da droga na carroceria. O motorista, que não tem passagens policiais anteriores, negou saber da existência da droga, e foi encaminhado, juntamente com os veículos e a droga, para a Polícia Federal em Ponta Porã.

 

Mais droga

Divulgação/PRF

PRF bate recorde e apreende mais de 8 t de maconha em duas apreensões

Droga ficou espalhada após veículo capotar na BR-463 em Ponta Porã

Também nesta segunda-feira (24) em uma região próxima na rodovia BR-463, a PRF apreendeu mais 731 kg de maconha em um veículo que havia capotado após tentar fuga dos policiais.

 

A equipe deu ordem de parada a um Fiat Toro, com placas aparentes de São Paulo, mas o motorista não respeito e iniciou a fuga que durou cerca de 16 km. O suspeito perdeu controle do veículo e capotou às margens da rodovia, espalhando diversos tabletes de maconha. Ele saiu ileso do acidente e foi detido.

 

Aos policiais, o homem de 28 anos declarou ter pego o carro carregado no Paraguai e levaria até São Paulo onde receberia R$ 15 mil. O preso, o automóvel e a droga foram encaminhados à Polícia Federal em Ponta Porã.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix