Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 09 de Abril de 2019, 10h:14
Tamanho do texto A - A+

PRF recupera dois carros locados que seria levados para a Bolívia

Envolvidos pretendiam aplicar golpe em locadora de Minas Gerais

Leonardo Barbosa
Capital News

PRF/Divulgação

PRF recupera dois carros locados que seria levados para a Bolívia

Os agentes realizavam a fiscalização da Operação Temática de Fiscalização de Transporte Coletivo de Passageiros – OTEPAS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta segunda-feira (8), nos km 602 e 765 da BR 262, em Miranda e Ladário, dois veículos fruto de estelionato que seriam levados para a Bolívia.

 

Durante fiscalizações da Operação Lábaro, foi abordado um veículo de passeio com placas de Juiz de Fora/MG. O motorista, de 30 anos, informou que havia comprado o veículo em Itanhaém/SP há alguns meses e que iria à Bolívia para fazer compras. Porém, no documento constava como proprietária do automóvel uma locadora.

 

Diante da suspeita, foi feito contato com a empresa de aluguel de carros em Juiz de Fora/MG. O funcionário da locadora informou que o automóvel estava locado até a manhã desta segunda-feira para outro homem. O condutor usou uma CNH falsa para locar o veículo, utilizando outro nome.

 

A locadora lavrou boletim de ocorrência por apropriação indébita e o motorista foi apreendido.

 

Após consultas no sistema da PRF, foi constatado que o suspeito possuía mais um carro locado em outra empresa de aluguel de veículos, outro veículo de passeio com placas de Belo Horizonte/MG, que foi abordado no km 765 da BR 262, em Ladário. O condutor, de 57 anos, deu as mesmas informações que o primeiro motorista, levantando suspeitas dos agentes. Foi feito contato com a outra locadora e o funcionário também informou que o carro estaria locado para outro homem, o mesmo nome falso apresentado no outro caso.

 

 

Os envolvidos e os veículos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil em Miranda e Ladário, respectivamente.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix