Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018, 14h:15
Tamanho do texto A - A+

Professor é preso suspeito de estuprar quatro crianças em Três Lagoas

Meninos violentados tinham entre nove e doze anos; acusado trabalhava para prefeitura do município

Gian Nascimento
Capital News

André Barbosa/RCN

Professor Três Lagoas

Servidor foi detido e prestou depoimento na manhã desta quinta

Um professor de 50 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (9) em Três Lagoas, acusado de violentar sexualmente quatro crianças, uma de nove e as demais de 12 anos. O suspeito foi encaminhado até a 1ª Delegacia de Polícia Civil do município, onde está detido.

Conforme informações da Polícia Civil, o servidor público era investigado desde o ano passado, quando surgiram as primeiras denúncias. Ele trabalhava como professor de uma escola de futebol no bairro Santo André, mantido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Além do acusado, testemunhas também foram até a delegacia para prestar depoimento, tendo os policiais apreendidos celulares e notebooks, que terão as conversas analisadas.

A Polícia Civil diz já ter laudos psicológicos que comprovam o estupro de dois meninos, um dele já maior de idade, porém que teria sido violentado na adolescência, sem qualquer relação com a escola de futebol na qual o acusado dava aulas.

O professor estava em um escritório no bairro da Lapa no momento da abordagem dos policias, sendo acompanhado de um advogado no depoimento. Ao site JP News, a mãe de uma das crianças violentadas disse que o servidor costumava frequentar as casas das crianças.

Com a repercussão do caso, a Prefeitura de Três Lagoas informou que irá afastar o servidor – contratado como motorista, conforme nota, mas apresentado como professor – e irá instaurar um processo administrativo para analisar o caso.

A investigação do caso está por conta do delegado Roberto Guimarães, quem faz os interrogatórios na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Três Lagoas (Depac). O acusado deve ser encaminhado até a Penitenciária Masculina de Três Lagoas, onde ficará preso preventivamente.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix