Campo Grande/MS, Domingo, 10 de Dezembro de 2017 | 21:22
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Segunda-Feira, 07 de Agosto de 2017, 08h:53
Tamanho do texto A - A+

Rapaz defende a mãe de agressões e mata padrasto a facadas e marretadas

Envolvidos estavam embriagados, conforme registro policial

Laura Holsback
Especial para o Capital News

Desentendimento entre família terminou em assassinato por volta das 20h deste domingo (6). José Carlos Gusmão de Oliveira, 23 anos, matou o padrasto Claudinei Corrêa Mendes, 39 anos, com pelo menos 10 golpes de faca e marreta. O rapaz teria cometido o crime para defender a mãe que era agredida por Claudinei. O episódio aconteceu na casa onde a família morava, na Rua Imburus, no Jardim Tijuca, em Campo Grande.

A mãe de José declarou para policiais que os três haviam passado o dia consumindo bebidas alcoólicas e recém haviam chegado ao imóvel quando o desentendimento começou. Conforme declarações registradas no Boletim de Ocorrência, Claudinei e a esposa já chegaram da rua discutindo e, em determinado momento, o homem passou a agredir a convivente. Ao ver a mãe sendo atacada, José interveio na situação e lutou com o padrasto.

A briga se estendeu para fora da casa e José, armadado com faca e marreta, golpeou Claudinei. Pelo corpo do homem, segundo a polícia, havia cerca de 10 perfurações. Entre elas, na cabeça, braço e tórax. Claudinei morreu ainda no local. José foi preso em flagrante. Contudo, a faca usada no crime, segundo ele, foi jogada no Córrego Anhandui, perto da Avenida Campestre.

A mãe do autor e esposa da vítima também declarou para policiais que convivia com o companheiro havia cinco anos e que as brigas entre eles eram recorrentes. Inclusive, com registros de violência doméstica. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento (Depac) da Vila Piratininga. Inicialmente, como homicídio simples.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix