Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 24 de Julho de 2017 | 14:39
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2017, 11h:35
Tamanho do texto A - A+

Reconstituição muda rotina de trabalhadores em trechos da Ernesto Geisel

Apesar da mudança, população respeitou restrição policial para passar e concordaram com trabalho da perícia

Liniker Ribeiro
Capital News

Deurico/Capital News

Reconstituição muda rotina de trabalhadores em trechos da Ernesto Geisel

..

Trabalhadores foram surpreendidos na manhã desta quarta-feira (11) pelo trabalho dos peritos da Polícia Civil durante reconstituição da morte do empresário Adriano Correia do Nascimento, de 33 anos, na região central de Campo Grande. 

Nos trechos interditados da avenida Ernesto Geisel, apenas pessoas que trabalham em edifícios nesta localidade estavam autorizadas a passar, desde que estivessem a pé. A mudança na rotina não contrariou os trabalhadores, que apoiaram o trabalha da polícia para solucionar o caso.

Deurico Ramos/Capital News

Reconstituição da morte de empresário chega ao fim após 3h

Tanya é empresária na região onde morte aconteceu

 

Para a empresária, Tanya Aguiar, mesmo com o movimento começando mais tarde, a chegada foi tranquila. “Faz parte, a gente também quer que seja tudo esclarecido, solucionado”, relatou.

Nem todo mundo sabia que a ação dos peritos seria realizada nesta manhã. “Quando eu passei o policial perguntou aonde eu ia, quando falei onde trabalhava, passei. Assustei um pouco, pensei que ‘deve’ estar querendo pegar alguém, porque está tudo, desde ali de trás [bloqueado], não sabia da reconstituição”, afirmou a zeladora Rosimeire Soares de Lima. 

Deurico Ramos/Capital News

Reconstituição da morte de empresário chega ao fim após 3h

Gilmar precisou deixar o carro longe do serviço

 

Até quem teve que estacionar o carro longe do serviço encarou a situação com tranquilidade. Para o gráfico, Gilmar Oliveira de Souza, o “único problema foi o trânsito, tive que deixar o carro longe e agora estou indo buscar”, contou.

Foram três horas de encenações,  sendo trechos da Ernestos Geisel ,entre a rua João Rosa Pires, Fernando Corrêa da Costa e na rua 26 de Agosto, interditados durante todo o tempo. O resultado da perícia deve ser anunciado pela delegada responsável pelo caso, Daniela Kades, no dia 17 de janeiro.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix