Campo Grande/MS, Domingo, 21 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018, 11h:27
Tamanho do texto A - A+

Sejusp aponta redução da criminalidade em 2018

Levantamento compara 2017 com este ano. Roubos a estabelecimento foi um dos crimes que mais obteve queda

Flávio Veras
Capital News

Sejusp/Cedida

Sejusp aponta redução da criminalidade em 2018

 

Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) na semana passada, mostram que Mato Grosso do Sul está mais seguro neste ano de 2018, em comparação com os números do ano passado.

 

Segundo a Sejusp, esse é o caso dos crimes contra o patrimônio que apresentaram uma queda acentuada, principalmente em relação aos roubos nos estabelecimentos comerciais, passando de 668 casos em 2017 para 482 em 2018, ou seja, redução de 28%. Das ocorrências em residências os números caíram 20%, sendo 493 no ano passado e 392 de janeiro a novembro. Quando falamos das ocorrências envolvendo veículos os índices tiveram redução de 16% e em via pública 13%.

 

Já em relação aos furtos nas casas diminuíram 17%. Homicídios dolosos tiveram redução de 15%, os homicídios culposos no trânsito recuaram 12% e os roubos seguidos de morte tiveram queda de 5%. Conforme os dados Sejusp, o único delito que teve aumento em Mato Grosso do Sul foi o feminicídio com 4%, saindo de 26 casos (no ano passado) para 27.

 

O titular da pasta, Antonio Carlos Videira, analisa que os índices são resultados do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Sejusp, por meio de suas forças de segurança, com apoio do Governo do Estado que tem feito investimentos significativos nesta área. “Nós estamos trabalhando muito, e temos obtido resultados positivos que têm colocado MS em destaque nacional, mas nem por isso, podemos ficar em uma zona de conforto. Promover segurança pública é a nossa missão, outra coisa é a sensação de segurança que se faz com polícias nas ruas, com repressão e ações de prevenção. Neste caso, não tem como fazermos isso sozinhos, precisamos compartilhar essa responsabilidade com a sociedade em geral”, pontua.

 

Apesar de fazer fronteira com dois países e enfrentar diariamente o tráfico de drogas o trabalho integrado das forças policiais e a intensificação das ações nesta região fizeram com que o índice de 11 dos 12 tipos criminais, incluindo os roubos a estabelecimentos comerciais tivesse uma queda de 38%, em residências 20% e a veículos 18%.

 

 

Para finalizar o secretário da Sejusp afirma que esses números são acompanhados diariamente pela Superintendência de Inteligência (Sisp) e norteiam as ações e operações das polícias em todos os 79 municípios do Estado, através da análise criteriosa dos crimes que mais impactam a sociedade, que são aqueles cometidos contra a vida e o patrimônio.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix