Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 05 de Dezembro de 2018, 18h:24
Tamanho do texto A - A+

Contar diz: “não vejo com bons olhos, influência do executivo em questões da ALMS”

Estreando na Casa de Leis, futuro deputado deve se abster durante escolha do novo chefe do legislativo estadual

Leonardo Barbosa
Capital News

Deurico/Capital News

Confira alista dos deputados estaduais eleitos em MS

Capitão Contar (PSL) não deve participar de negociações para composição de mesas e blocos na ALMS

 

Em meio à reuniões e acordos políticos acerca do novo presidente da ALMS para 2019, o deputado eleito em 2018, Capitão Contar (PSL), parece não querer se envolver nas negociações para ocupação de mesas e blocos políticos na Casa de Leis no próximo ano. Entrevistado pelo Capital News nesta quarta-feira (5), o futuro deputado estadual disse que tem suas convicções, mas que não deve se envolver nas tratativas com os candidatos à presidência da casa.

 

Questionado sobre um possível apoio para candidatos do PSDB (incluídos em sua chapa eleitoral) para a presidência da ALMS, Contar disse que não participou de reuniões e nem conversas com parlamentares de outros partidos, mas não gosta da ideia do poder executivo participar de questões do legislativo. “Eu sou à favor da separação dos poderes. Executivo, Legislativo e Judiciário não podem interferir nas decisões dos outros. Os poderes têm de ser independentes”, afirmou o deputado eleito.

 

A afirmação do deputado do PSL, vem de encontro à reivindicação do colega, Onevan de Matos (PSDB), que acusou o executivo estadual, de ser o principal responsável pela indicação de Paulo Corrêa, para o cargo de chefia da Casa de Leis. Apesar da concordância, Contar fez questão de ressaltar que não apoia nenhum nome. “Eu tenho minhas convicções e vou acompanhar tudo de perto, mas não vou me envolver. De qualquer maneira, a maioria é quem vai decidir”, comentou.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix