Campo Grande/MS, Sábado, 27 de Maio de 2017 | 15:26
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 19 de Maio de 2017, 11h:31
Tamanho do texto A - A+

Criação de Comissão Permanente de Cultura, é resultado de audiência pública na Assembleia Legislativa

O debate foi realizado no Plenário Deputado Júlio Maia, nesta quinta-feira (18)

Maisse Cunha
Capital News

Wagner Guimarães/ALMS

Criação de Comissão Permanente de Cultura, é resultado de audiência pública na Assembleia Legislativa

O deputado Amarildo Cruz (PT) disse que a Casa de Leis tem a obrigação de cobrar investimentos na cultura

Um dos encaminhamentos da audiência pública “Política Estadual de Cultura e Aplicação dos Recursos Públicos”, realizada ontem (18), é a criação de uma comissão permanente de cultura, na Assembleia Legislativa (ALMS).

Atualmente, a cultura é incorporada à Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia, presidida pelo deputado Pedro Kemp (PT).


O deputado, porém, avalia que há uma desproporção muito grande na distribuição das atividades da comissão já existente e, por isso, a necessidade de se pensar em cultura à parte disto “Hoje, 80% das atividades da comissão são voltadas para a educação e de fato pouco discutimos a cultura do nosso Estado aqui na Assembleia. (...) A cultura não é só voltada para o entretenimento, ela tem o papel de contribuir para a formação crítica da sociedade, ajuda na construção da identidade. Temos que fomentar atividades aqui no Estado, e  reconhecer nossas riquezas e diversidades", reconhece.

Na ocasião, o representante do Colegiado Setorial do Audiovisual de Mato Grosso do Sul, Airton Raes, questionou sobre o que foi feito com a verba destinada à cultura “Eu verifiquei junto ao sistema de transparência do Governo do Estado e de 2012 a 2014 entrou por meio do Fundo de Investimentos Culturais (FIC), oriundos de empresas privadas o valor de R$ 450 milhões. Onde foi parar esse dinheiro que estava destinado para a cultura e não nós foi entregue?”, denuncia.

Kemp assegurou que as informações serão apuradas e, caso a denúncia seja confirmada, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) será instaurada.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix