Campo Grande/MS, Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017 | 14:49
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 06 de Abril de 2017, 14h:57
Tamanho do texto A - A+

Decreto de liberação de 217 alvarás para táxis e Mototáxis foi assinado na Casa de Leis

Durante sessão ordinária, prefeito Marquinhos Trad compareceu a Câmara para assinatura

Flavia Andrade
Capital News

Deurico/Capital News

Decreto de liberação de 217 alvarás para táxis e Mototáxis foi assinado na Casa de Leis

Durante sessão ordinária, prefeito Marquinhos Trad compareceu a Câmara para assinatura

CapitalTV

Na manhã desta quinta-feira (6), o prefeito Marquinhos Trad compareceu a Câmara para assinatura do decreto que libera 217 alvarás para táxis e mototáxis. Segundo prefeito “O mesmo que vale para os táxis é aplicado para os Mototáxis”, igualando a quantidade de alvarás para as duas categorias. Decreto garante liberação de 217 alvarás e até 30% de desconto no valor das corridas.

Ainda de acordo com o prefeito “eles estão hoje, prontos para dar a população redução de até 30% no valor da tarifa. Temos o cumprimento de uma lei que vinha sendo desobedecida por 20 anos na Capital, se a lei tivesse sido cumprida, nós teríamos com esses 217 novos taxistas já na praça. Os critérios nós vamos estabelecer, porque tem pessoas cadastradas a mais de 20 ou 30 anos, e vamos ter que pegar esses cadastros, analisar e colocar esses novos 217 veículos, obedecendo a lei com 20% de alvarás para as mulheres, para pessoas com deficiências, e tudo isso será feito com a Câmara Municipal”, pontua prefeito Marquinhos Trad.

Para o presidente do Sindicato dos Táxis, Bernardo Quartin, “o que nos preocupa nesse momento é como vão ser feitas essas convocações e como serão a locação desses profissionais para que eles possam fazer a arrecadação dos provimentos para a manutenção dos seus veículos e poder continuar atendendo bem a população”, afirma Bernardo Quartin.

Já Ednaldo Ribeiro, representante dos auxiliares de táxis, “Esses alvarás vão ser liberados aos auxiliares, considerando tempo de serviço e cadastramento na Agência de Transporte e Trânsito da Capital (Agetran), são 633 auxiliares, porém, 217 serão beneficiados neste momento. A frota necessária seria de 900 táxis, porém, a Câmara e o Prefeito foram flexíveis e nos deram essa oportunidade de 217 alvarás neste primeiro momento”, pontua Ednaldo Ribeiro.

Vereador Junior Longo, Presidente da Comissão de transportes da Câmara Municipal de Campo Grande, “a intenção não é diminuir o ganho deles, mas dar margem para que eles possam competir com o Uber por causa do preço”, conclui vereador

 

Também esteve presente na Casa de Leis, o secretário da SEDESC (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia), Luis Fernando Buainain, para apresentar 22 projetos elaborados e confrontados pela CODECON (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico), para que possa ser concluído pelo Executivo e autorizado as indústrias para que retomem ou comecem as construções, fomentando o mercado econômico, oportunidade de trabalho e outros setores da Capital.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix