Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2018 | 22:16
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 17 de Maio de 2018, 09h:44
Tamanho do texto A - A+

Deputado Lídio Lopes é eleito presidente do Parlasul e segundo secretário da Unale

Eleições para as diretorias dos dois órgãos ocorreram durante a 22ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais

Flávio Brito
Capital News

Divulgação/Assessoria

Deputado Lídio Lopes é eleito presidente do Parlasul e segundo secretário da Unale

Deputados Ademir Bier (PR), ex-presidente do Parlasul, Ciro Simoni (RS), novo presidente da Unale, e Lídio Lopes

O deputado Lídio Lopes (PEN) foi eleito presidente do Parlamento do Sul (Parlasul) e 2º secretário-geral da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), o que reforça a presença de Mato Grosso do Sul entre as Assembleias Legislativas do país. As eleições para as diretorias dos dois órgãos ocorreram durante a 22ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), realizada em Gramado (RS) de 9 a 11 deste mês. O novo presidente da Unale é o deputado gaúcho, Ciro Simoni (PDT).

 

“Mato Grosso do Sul está conquistando o seu espaço e eu me sinto honrado por poder representar a Assembleia Legislativa”, comentou Lídio Lopes, lembrando que a ALMS já foi representada na presidência das duas entidades pelo deputado Maurício Picarelli (PSDB). Ele foi eleito presidente do Parlasul em 2001 e esteve à frente da Unale no biênio de 2002-2003. O Parlasul agrega as Assembleias Legislativas de MS, PR, SC e RS.

 

Lídio, que assume a presidência do Parlasul no lugar do deputado estadual Ademir Bier (PR), enfatizou a relevância da CNLE. “É um evento muito importante, porque possibilita o encontro com legisladores de todo o Brasil e abre espaço para trocas de ideias. Isso ajuda a viabilizar algo para trazer ao estado”, comentou. 

 

Lídio Lopes acrescentou que a edição deste ano tem papel acentuado, devido ao cenário de eleições. “Tivemos palestras fantásticas no que tange à realidade da nossa economia, da política atual, que são temas relevantes, sobretudo por se tratar do último ano do legislativo e por termos uma eleição pela frente”, afirmou.

 

O panorama político nacional foi abordado com a presença dos cinco pré-candidatos à presidência da República – Manuela D`Ávila (PcdoB-RS), Álvaro Dias (Podemos-PR), Ciro Gomes (PDT-CE), Guilherme Boulos (Psol-SP) e Henrique Meirelles (MDB-GO). 

 

Ainda entre os diversos painéis do evento, foram discutidas as novas regras para as eleições, com falas de Henrique Neves, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Marcus Vinicius Coelho, advogado e jurista; e a gestão de controle de gastos públicos e governança, com palestra do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes.

 

Além do deputado Lídio Lopes, dois servidores da ALMS – a secretária de Recursos Humanos, Marlene Figueira da Silva, e o técnico administrativo, Roberto Kiyoshi Otubo – estiveram presentes na 22ª CNLE. A secretária participou, com falas, de diferentes painéis, como os concernentes ao E-Social e ao regulamento para o cargo de agente de polícia.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix