Campo Grande/MS, Terça-Feira, 21 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 14 de Maio de 2019, 14h:53
Tamanho do texto A - A+

“Eu faço parte do partido há muito mais tempo que o Bernal e não vou sair”, diz Evander Vendramini

Bernal tem causado transtorno entre os políticos e filiados do Partido Progressista.

Flavia Andrade
Capital News

Luciana Nassar/ALMS

“Eu faço parte do partido há muito mais tempo que o Bernal e não vou sair”, diz deputado Evander Vendramini

Bernal tem causado transtorno entre os políticos e filiados do Partido Progressista.

Após declaração de Alcides Bernal sobre o deputado estadual Evander Vendramini ter compromisso e direcionamento diferente do que o Partido busca, o parlamentar responde as “acusações” dizendo que “ não irei sair do partido, pois faço parte há muito mais tempo do que o Bernal, diferente dele que teve 1 mandato, eu tenho 5, todos eleitos pelo PP. Sendo 4 a vereador da Câmara de Corumbá, onde entre eles tive a honra de presidir a Casa de Leis, e 1 [que é o atual] como deputado estadual, também eleito pelo PP”, diz Evander Vendramini.

 

Em entrevista ao Capital News, o deputado estadual enfatiza que, “ Estou no partido desde 2002 e tenho 5 mandatos, sendo 4 como vereador de Corumbá e 1 como deputado estadual. vou continuar no partido, mas o que cobramos é a falta de organização que estamos vivenciando. O PP é hoje um partido de grande importância, temos 40 deputados federais, 2 deputados estaduais e 16 vereadores. Temos apenas 2 diretórios ativos, sendo eles o de Corumbá, onde sou diretor municipal e o de São Gabriel, estando o partido sem nenhuma representação nos outros 77 municípios”, afirma deputado.

 

“O Bernal desrespeitou muitas pessoas do Partido Progressista no último fim de semana, em um grupo de whatsapp que eu não participo, porém, recebo informações de pessoas que estão nele. Desrespeitou a mãe do vereador Valdir Gomes e também o vereador Alírio, o qual, já é um senhor. Nunca desrespeitei o Bernal, e ele tem feito alguns pronunciamentos que estão sendo desrespeitosos. Não podemos admitir essa situação. Não sou apenas eu, tem muitas pessoas descontentes e precisamos nos unir para que o partido volte a ser o que sempre foi. Tenho um carinho e um respeito muito grande pelo Partido Progressista e vou lutar para que as coisas melhorem, junto com os demais filiados”, pontua.

 

Ainda durante a entrevista, parlamentar destaca que, “ estamos conversando sobre uma nova chapa que com certeza será montada, porém, não acredito no líder sem apoio, então vamos conversar com os filiados para definirmos um nome que for capaz para disputar a convenção do partido em Agosto. Ninguém é líder sozinho, é preciso ter a aceitação de todos e realizar reuniões e eventos para ouvir todos aqueles que acreditam no partido”, destaca. 

 

Sobre a sua amizade o comprometimento com o Prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, o deputado estadual Evander Vendramini declara que, “ Eu sou amigo pessoal do Marcelo Iunes há muito tempo, e convivi com ele por muitos anos na Câmara Municipal, e ajudei ele, assim como ele me ajudou a ser eleito deputado estadual. Quando eu não tive o apoio do meu partido, não recebi nem um real para a minha campanha e fiz uma campanha sem dinheiro e com a ajuda dos amigos. O Marcelo Iunes caminhou ao meu lado 51 dias, entre reuniões e eventos, esteve sempre comigo, então eu tenho um compromisso com a reeleição dele. Hoje digo que não existe a menor possibilidade de eu concorrer a prefeitura de Corumbá. Com relação a convidar o Marcelo para o Partido Progressista, eu não tenho como convidar ele para um partido que está passando pela situação que está, e com certeza, em uma outra oportunidade e passando pelo aval do governador Reinaldo Azambuja, que é do PSDB, partido do Marcelo, posso vir a convidá-lo para estar conosco. Caso contrário, podemos manter uma parceria, trabalhando em conjunto, em prol de Corumbá e do Mato Grosso do Sul, porque também tenho um bom relacionamento com o Governador”. 

 

Mantendo um gabinete no município de Corumbá, Parlamentar diz que atende a população nos dias em que está na cidade e quando não há a possibilidade, tem uma equipe responsável para que receba a solicitação e encaminhe ao gabinete da Assembleia para as devidas providências, “Uma das promessas, foi continuar morando em Corumbá, e hoje eu moro lá e fico em Campo Grande de segunda a quinta ou sexta-feira, para que assim, eu possa atender a população, receber as demandas e ter o conhecimento de perto da situação do município. Não desmerecendo as demais cidades do Estado, porém, a minha obrigação principal é com a região Pantaneira. Na próxima quinta-feira, estarei na região de Aquidauana e Nioaque, conversando com os prefeitos para juntos podermos definir quais são as demandas desses municípios e buscarmos recursos para as melhorias”, completa. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix