Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 14h:51
Tamanho do texto A - A+

Ex-assessor de vereador é preso na operação Cifra Negra

Além dele, outras três pessoas também foram detidas em Campo Grande e levadas a Dourados

Flávio Veras
Capital News

Gizele Almeida/Dourados News

Três vereadores foram detidos durante operação do MP em Dourados

Ação acontece na Câmara de Dourados

O ex-assessor parlamentar do vereador, Idenor Machado (PSDB), Alexsandro Oliveira de Souza, foi preso ontem (6) em continuidade aos 10 mandados de prisão expedidos dentro da Operação Cifra Negra, desencadeada na última quarta-feira (5), em Dourados. Ação está sendo conduzida pelo Ministério Público Estadual (MPE/MS) e Polícia Civil.

 

A investigação apura esquema de corrupção dentro da Câmara de Vereadores do município. Segundo reportagem do Dourados News, além dele, Jailson Coutinho e outras duas mulheres, que não tiveram os nomes divulgados, também acabaram detidos em cumprimento a esses mandados. 

 

Os dois estavam em Campo Grande e foram trazidos para o 1º Distrito Policial de Dourados. Alexsandro atuou no gabinete do vereador na época em que ele presidiu a Casa, entre os anos de 2010 e 2016.

 

Cifra Negra

As prisões foram feitas por policiais civis do 2º Distrito Policial, acompanhados pelo Ministério Público Estadual (MPE) e 16ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, liderados pelo promotor Ricardo Rotunno. Os parlamentares são investigados na operação Cifra Negra, que investiga suposto de esquema de corrupção envolvendo o setor de Tecnologia da Informação da Câmara. 

 

 

Ao todo, foram expedidos dez mandados de prisão e um de busca e apreensão,nas cidade de Dourados em Campo Grande, pelo  juiz da 1ª Vara Criminal, Luiz Alberto de Moura Filho. De acordo com nota encaminhada à imprensa, a ação é originária de outras duas operações, a Telhado de Vidro e a Argonautas – deflagradas em 2013 em 2014 - e que investigam crimes de colarinho branco. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix