Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 22 de Fevereiro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 10h:50
Tamanho do texto A - A+

Mandetta denuncia tráfico de drogas em aviões a serviço do SUS

Ministro da saúde disse que isso ocorre porque traficantes haviam vencido licitações em gestões anteriores

Leonardo Barbosa
Capital News

Leonardo Prado/Câmara dos Deputados

Futuro ministro da Saúde, Henrique Mandetta, promete revisar contrato de hospitais

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez grave denuncia sobre gestões passadas da pasta

Um vídeo da última Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Saúde (CNS), ocorrida no fim de janeiro, está tomando grande repercussão na mídia virtual e em grande parte da imprensa nacional nos últimos dias. No vídeo, durante discurso, o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, ao falar sobre gastos do Ministério com a Saúde Indígena, denuncia a prática de tráfico de drogas em aviões a serviço do SUS.

 

Sem citar casos específicos, o ministro apenas diz que os aviões com o brasão do Ministério da Saúde, estão sendo utilizados para o crime, graças a licitações vencidas por traficantes em gestões anteriores. “Aviões pagos com recursos do SUS, escrito na lataria Ministério da Saúde, com tráfico de drogas dentro porque o traficante ganhou a licitação e o SUS é uma excelente maneira de fazer tráfico”, denunciou Mandetta.

 

 

De acordo com o ministro, são gastos R$ 1,4 bilhões com o serviço de saúde indígena, e R$ 650 milhões vão para ONGs. O restante do recurso é utilizado para custeio de atividades meio, entre elas o transporte, que estaria dessa maneira, financiando a atividade criminosa, graças as licitações vencidas por traficantes. “Nós não queremos retrocesso na saúde indígena”, declarou. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix