Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018 | 21:08
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 13 de Abril de 2018, 11h:50
Tamanho do texto A - A+

PDT nega racha e disputas internas sobre a candidatura do Juiz Odilon

Presidente estadual da legenda alega que há “absoluta coesão do Partido” sobre o nome escolhido para disputar o governo do Estado

Flávio Brito
Capital News

Divulgação/PDT-MS

PDT nega racha e disputas internas sobre a candidatura do Juiz Odilon

Dagoberto Nogueira e João Leite Schimidt reafirmaram publicamente o apoio à candidatura do Juiz Odilon

“Pelo PDT de Mato Grosso do Sul fala, exclusivamente, a sua Executiva Estadual que, em respeito à opinião pública, reitera absoluta coesão do Partido no respaldo ao honrado nome de Odilon de Oliveira como nosso candidato a Governador de Mato Grosso do Sul”, Afirma o presidente estadual da legenda João Leite Schimidt, em comunicado publicado no início da noite desta quinta-feira (12). 

 

“O PDT respeita a liberdade de imprensa e a livre expressão do pensamento como fundamentos democráticos. Repudia, porém, a má utilização da imprensa e das mídias sociais para criar narrativas falsas, que sacrificam a verdade em favor de interesses que nada têm de republicanos”, diz outro trecho da nota da oficial, mencionando comentários sobre o isolamento do pré-candidato até mesmo dentro do próprio partido. O assunto chegou a ser tema de debate na rede social Facebook.

 

“Não abandonamos e jamais abandonaríamos as ideias e a campanha do Dr Odilon. Estamos lutando na certeza de que no dia primeiro de janeiro de 2019 vamos mandar um convite para todos participarem da posse na governadoria. Espero que os comentários divulgados por pessoas da imprensa sejam por falta de informação e não por maldade”, rebateu o deputado federal Dagoberto Nogueira, em uma das postagem.

 

O partido tem o PODEMOS confirmado como aliança para as eleições de 2018 e durante a janela partidária perdeu cadeira que tinha na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) para o MDB. O deputado George Takimoto, saiu da da sigla.

 

Apesar da pequena margem de diferença entre os principais pré-candidatos - algumas pesquisas apontam empate técnico -, Odilon lidera as pesquisas de intenção de votos para o governo do Estado. “As minhas intenções de voto têm tudo para aumentar. A questão é que ainda não sou conhecido como político, como ocorre com meus adversários. Muita gente nem sabe que me aposentei da magistratura e sou pré-candidato ao governo”, destacou o pedetista, ao comentar mais um levantamento divulgado esta semana, que o coloca como líder das intenções de voto.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix